Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Feminicídio

Suspeito de matar mulher e jogar corpo em rio é preso em Fazenda Rio Grande

Corpo da vítima foi encontrado dentro de uma cava do Rio Iguaçu, em Fazenda Rio Grande

Autor: Redação RIC Mais
Para a polícia, o suspeito não aceitava fim de relacionamento e crime foi premeditado (Foto: Ricardo Pereira/RICTV Curitiba)

*Com informações do repórter Ricardo Pereira, da RICTV Curitiba

Marcos Aurélio Castanheira, de 43 anos, foi preso nesta sexta-feira (11), suspeito pelo assassinato da zeladora Rubia Maria Pacheco, de 36 anos. A vítima era ex-mulher do homem e seu corpo foi encontrado amarrados com pedras e arames no último domingo (6) dentro de uma cava do Rio Iguaçu, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com os investigadores, Marcos não aceitava o fim do relacionamento e agiu premeditadamente. De acordo com o delegado Mário Sérgio Bradock, no dia do crime, o suspeito telefonou para a vítima informando que queria entregar um presente a ela. Depois disso, a zeladora não foi mais vista.

A polícia ainda espera o resultado dos laudos do Instituto Médico Legal (IML) que comprovem a causa da morte. A hipótese mais provável é a de que Rubia tenha sido estrangulada antes de ter o corpo jogado na água.

Veja também:

Mulher é morta e tem corpo arrastado por condomínio em São José dos Pinhais

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários