Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

NOVO LOCAL

PM suspeito de matar Andriely é transferido para BPGd

Em menos de uma semana, dois policiais militares fugiram do local

Autor: Redação RIC Mais
Andriely e Diogo quando antes da separação. (Foto: Reprodução/RICTV)
Andriely e Diogo quando antes da separação. (Foto: Reprodução/RICTV)

O policial militar Diogo Costa Coelho, preso suspeito de matar a universitária Andriely Gonçalves, 22 anos, encontrada morta na sexta-feira (8), foi transferido para o local na segunda-feira (12).

Diogo estava preso temporariamente no 22º Batalhão da Polícia Militar, em Curitiba, e foi levado para o Batalhão de de Polícia de Guarda (BPGd), em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Em menos de uma semana, dois policiais militares fugiram do local.

O policial militar Janerson Gregorio, acusado de participar do sequestro de um empresário com a ajuda da namorada, ex-miss Pinhais, fugiu na madrugada desta segunda-feira (4). Em nota, a PM informou que fez buscas para procurar Janerson, que um inquérito será aberto para apurar as circunstâncias que se deram a fuga e, no caso de comprovado auxílio de alguém, este será responsabilizado. A corporação reforça que não compactuam com os desvios de conduta de seus integrantes.

Leia também: Helicóptero com 140 quilos de cocaína faz pouso forçado em estádio

Segundo caso

No sábado (9), Rafael Antônio da Rocha Pinto acusado de roubo seguido de tentativa de morte, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Um outro Inquérito Policial foi instaurado para apurar se houve facilitação.

De acordo com o Comando do Batalhão, Diogo tinha restrições de circulação e só tinha direito ao banho de sol - acompanhado por um outro PM.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 1,0

  • Comentário via facebook