Olá
Logout

Mãe que abandonou filha na escola explica os motivos na delegacia

Autor: Redação RIC Mais
Quando chegou com a menina no colégio, a mãe avisou aos professores que não iria mais voltar para buscá-la (Foto: Reprodução/RICTV)

Com informações dos repórteres Joel Junior e Rayssa Alves, da RICTV Maringá

Uma menina de seis anos foi abandonada pela própria mãe em uma escola municipal de Maringá, na tarde dessa quinta-feira (25). Após descobrirem o abandono, os vizinhos se revoltaram e foram até a residência da mulher para linchá-la. Ela se escondeu na casa de uma vizinha e só saiu de lá escoltada pela Guarda Municipal. 

Quando chegou com a menina ao colégio, a mulher teria avisado aos professores que não iria voltar para buscá-la. Surpreendida com a atitude, a diretora do local escreveu uma declaração de abandono, que foi assinada pela mãe da criança.

O Conselho Tutelar foi chamado para tentar entender a situação. Após a conversa, o conselheiro colheu provas para prestar denúncia contra ela. Além de responder por abandono de incapaz, a mãe da criança deve ser indiciada por agressão, pois marcas foram encontradas no corpo da menina.

À equipe de reportagem da RICTV Maringá, a acusada negou o abandono. "Eu não sou cachorro para abandonar filho", disse, acrescentando: "Se eu tivesse que abandonar, eu a teria jogado em uma vala, teria abandonado na casa de alguém". Sobre os hematomas, a mulher informou que utilizou uma vara de um pé de jabuticaba de seu quintal para bater na filha.

Outros membros da família não querem assumir a guarda da menina, que deve ser encaminhada para uma abrigo. 

Entenda o caso:

Leia também
Mãe salva filho atingido por raio em Terra Rica
Bebê é esquecido pelos pais e passa meia hora dentro de carro

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Caos no Paraná

Preso em flagrante

Exclusiva

Carregando