Olá {{nome}}
Logout

Feminicídio

Corpo de gestante desaparecida no Paraná é encontrado

Grávida de três meses estava desaparecida há 22 dias; um casal foi preso suspeito pela morte

Autor: Redação RIC Mais
Ana Carolina já era mãe de uma menina de 6 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

A Polícia Civil encontrou na região rural de Palmas, no sul do Paraná, o corpo da gestante Ana Carolina Prestes da Silva, de 22 anos, que estava desaparecida desde o dia 15 de julho. O cadáver, já em avançado estado de decomposição, foi encontrado em um canavial na noite de sexta-feira (6).

Os familiares já reconheceram o corpo como sendo de Ana Carolina, mas devido ao estado de putrafação, o Instituto Médico-Legal (IML) de Pato Branco ainda não fez o laudo conclusivo. A causa da morte também não foi revelada.

Um casal foi preso na tarde de sábado (5) suspeito pela morte da grávida. A Polícia Civil não informou os nomes dos suspeitos, mas confirmou que o homem era amante da vítima e pai da criança que ela esperava.

Ana Carolina estava grávida de três meses e saiu de casa no dia 15 de julho sem dizer para onde estava indo. Ela era mãe de uma menina de 6 anos que está aos cuidados da avó.

De acordo com a família, a jovem estava em um relacionamento de aproximadamente um ano com um homem casado. Cinco dias antes de desaparecer, Ana Carolina fez um Boletim de Ocorrência (B.O.) na delegacia de Palmas informando que esse homem queria que ela cometesse um aborto e teria a obrigado a tomar alguns medicamentos.

A investigação do caso está sob o comando do delegado Victor Grotti.

Veja também
Homem mata amante grávida porque ela se negou a fazer aborto
Mulher é presa por tentar cometer aborto no 8º mês de gravidez
Grávida é morta na frente de filho de dois anos e marido em suposto assalto

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Reviravolta no caso

São Paulo

tragédia familiar