Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

EM SANTA CATARINA

Temporal causa deslizamentos e alagamentos em Joinville

Sem dar trégua durante a madrugada, carros ainda enfrentaram dificuldade em transitar pelas ruas ao longo da manhã desta sexta-feira (15)

Autor: Redação RIC Mais com informações do ND Online
Forte chuva deixou ruas alagadas em Joinville (Foto: reprodução ND Online)
Forte chuva deixou ruas alagadas em Joinville (Foto: reprodução ND Online)

Um forte temporal atingiu a região norte de Santa Catarina no fim desta quinta-feira (14). Entre os municípios mais atingidos está Joinville, onde a chuva provocou diversos pontos de alagamento. Sem dar trégua durante a madrugada, carros ainda enfrentaram dificuldade em transitar pelas ruas ao longo da manhã desta sexta-feira (15).

Pessoas desabrigadas

A Defesa Civil trabalhou em conjunto com o Corpo de Bombeiros durante toda a madrugada desta sexta-feira, com o objetivo de retirar moradores das casas atingidas. Segundo eles, crianças, idosos e cadeirantes enfrentaram bastante dificuldade para deixar as residências atingidas pela chuva.

Para o resgate, as equipes utilizaram barcos e motos aquáticas. No momento, a Defesa Civil ainda está levantando a quantidade de pessoas atingidas, mas informou que um abrigo foi aberto na escola Governador Celso Ramos para receber moradores afetados.

Área mais afetada

A área mais afetada pela tempestade foi a região sul de Joinville, onde houve pelo menos nove registros de deslizamento e desabamento de muros. Entre os bairros mais atingidos estão Paranaguamirim, Glória, Jarivatuba, Floresta e Boehmerwaldt. De acordo com a Defesa Civil, ninguém ficou ferido.

Trânsito caótico

Nesta manhã, o trânsito segue prejudicado por conta do temporal. Em Joinville, muitas linhas de ônibus não estão operando. O Terminal Urbano Central, por exemplo, sofreu restrições no atendimento.

Escolas municipais 

Seis escolas municipais sofreram alagamentos, mas, segundo a prefeitura, não tiveram aulas suspensas. De acordo com a situação encontrada na unidade, será feito o acolhimento e as atividades aplicadas conforme cada caso.

Levantamento preliminar

Segundo informações de um levantamento preliminar, o maior volume de chuva foi registrado entre as 21h de quinta e as 3h de sexta, quando choveu 117 mm. A quantidade representa a estimativa de aproximadamente 20 dias de chuva.

De acordo com a Defesa Civil, também há registro de alagamentos nas cidades de Araquari e Itapoá. Ainda não há registro de desalojados e desabrigados.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook