Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

São Paulo

Testemunha viu Boechat pular de helicóptero e ser atingido após queda

Segundo a mulher que estava na rodovia no momento do acidente, a aeronave explodiu e pedaço em chamas caiu em cima do jornalista Ricardo Boechat

Autor: Redação RIC Mais
Boechat teria pulado do  helicóptero para tentar salvar sua vida. (Foto: Reprodução/Facebook Ricardo Boechat)
Boechat teria pulado do helicóptero para tentar salvar sua vida. (Foto: Reprodução/Facebook Ricardo Boechat)

Um testemunha afirmou ao programa Cidade Alerta, da Record TV, na tarde desta segunda-feira (11), que viu o jornalista Ricardo Boechat pular do helicóptero no qual estava. De acordo com Leilaine Rafael da Silva, na sequência, a aeronave foi atingida pelo caminhão, explodiu, e uma parte em chamas acabou caindo em cima do apresentador. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu.

A vendedora estava na garupa da motocicleta do marido e viu o acidente de perto. Conforme contou, uma pessoa pulou enquanto o piloto permaneceu dentro do helicóptero. “Eu vi uma pessoa do lado direito do helicóptero, quando já estava prestes a pousar, pulando. Foi na hora que a carreta veio, chocou com helicóptero, que rodou e despedaçou. Foi nessa hora que caiu em cima da pessoa que pulou”, afirmou Lidiane.

A mulher ainda disse acreditar que o jornalista teria sobrevivido, porque já no chão teria erguido o braço. Porém, na sequência, um pedaço do helicóptero em chamas caiu em cima dele.

Morte de Boechat

Ricardo Eugênio Boechat, 66 anos, morreu no início da tarde desta segunda-feira (11) em na rodovia Anhanguera, embaixo do Rodoanel, que liga a capital paulista ao interior do estado, em São Paulo. Segundo as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, o jornalista e o piloto da aeronave morreram carbonizados.

O helicóptero em que estava Boechat caiu no fim da manhã desta segunda. (Foto: Reprodução/Record TV)
A aeronave ficou completamente destruída. (Foto: Reprodução/Facebook Ricardo Boechat)

Motorista conta que pensou que helicóptero ia pousar

No início da tarde, outra testemunha, o motorista Felipe Arcanjo, afirmou ao programa Balanço Geral São Paulo, da Record TV, que o helicóptero no qual estava Boechat por um momento pareceu que iria pousar na rodovia."Ele foi direcionando para o espaçamento do Rodoanel entre as duas vias. Pensei que fosse um pouso, mas como estava muito rápido a gente percebeu que era uma queda. Rapidamente surgiu uma fumaça escura", conta.

Já o motorista do caminhão que bateu contra a aeronave, disse, no momento do socorro, que o helicóptero veio na direção do veículo, bateu de frente, e em seguida caiu no acostamento, entre o espaço que separa as duas vias da Rodoanel.

No acidente, o helicóptero ficou completamente destruído, e teve a calda desprendida do restante da aeronave.

A cauda da aeronave se desprendeu durante a queda. (Foto: Reprodução/TV Record)

As causas da queda do helicóptero ainda são desconhecidas. O caso é investigado pela Polícia Civil. 

Caminhoneiro atingido pela aeronave desmaia na delegacia

O motorista, de 52 anos, que dirigia o caminhão atingido helicóptero pelo passou mal antes de prestar depoimento na delegacia. Conforme um funcionário da 46º DP, ele teria dito que sentia muita tontura e calor, e por isso foi encaminhado ao Pronto Socorro para receber atendimento.
De acordo com a CCR Rodoanel, concessionária que administra o trecho da rodovia onde ocorreu o acidente, o motorista do caminhão não teve ferimentos graves e recusou a possibilidade de remoção da concessionária para deixar o local.

Veja imagens da queda do helicóptero que matou o jornalista Ricardo Boechat

Motorista atingido por helicóptero onde estava Boechat desmaia na delegacia

Homem diz que helicóptero de Boechat tentou pousar antes de cair e explodir

Viagem Boechat

Boechat vinha de Campinas, a cerca de 100 Km da capital São Paulo, onde havia participado de uma palestra em uma empresa farmacêutica. O destino era o heliponto da TV Bandeirantes, na região do Morumbi, zona sul da cidade. No entanto, algo aconteceu e o piloto foi forçado a tentar pousar na rodovia.

Helicóptero com mais de 40 anos

Aeronave, fabricada pela Bell Helicopter em 1975, pertencia à empresa RQ Helicópteros e estava regularizado até 9 de maio de 2023. De acordo com os dados registrados na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave, helicóptero com motor turboeixo, pesava 1.247 kg.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,6

  • Comentário via facebook