Curitiba

Vítimas prendem assaltante, mas não conseguem entregá-lo na delegacia

Passageiros conseguiram imobilizar o assaltante, mas a Polícia Militar e a Guarda Municipal não apareceram; o motorista dirigiu o ônibus até a delegacia, mas os policiais nada fizeram

Enquanto o assaltante recolhia dinheiro e pertences das vítimas, elas reagiram e ele foi rendido pelos passageiros (Foto: Paulo Fischer/RICTV)

Enquanto o assaltante recolhia dinheiro e pertences das vítimas, elas reagiram e ele foi rendido pelos passageiros (Foto: Paulo Fischer/RICTV)

Enquanto o assaltante recolhia dinheiro e pertences das vítimas, elas reagiram e ele foi rendido pelos passageiros (Foto: Paulo Fischer/RICTV)
Mas a maior dificuldade dos passageiros não foi imobilizar o criminoso, e sim entregá-lo às autoridades (Foto: Paulo Fischer/RICTV)

*Com informações do repórter Marcelo Borges, da RICTV

Passageiros de um ônibus passaram por momentos de aflição e revolta durante um assalto na noite desta sexta-feira (30), na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Após serem coagidos por um ladrão armado com uma faca, eles conseguiram render o suspeito. Mas encontraram dificuldade em entregá-lo às autoridades.

De acordo com testemunhas, o coletivo que faz a linha Rondon passava pela Rua Algacyr Munhoz Mader, na CIC, quando o bandido rendeu o cobrador, o motorista e os passageiros. Enquanto ele recolhia dinheiro e pertences das vítimas, elas reagiram e ele foi rendido.

Mas a maior dificuldade dos passageiros não foi imobilizar o criminoso, e sim entregá-lo às autoridades: primeiro, as vítimas ligaram para a Polícia Militar, mas a viatura não apareceu. Depois, elas acionaram a Guarda Municipal, também sem sucesso. Após uma hora de espera, o motorista dirigiu o ônibus até a frente do Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão, o Ciac-Sul, no Bairro Portão.

No entanto, os policiais de plantão na delegacia disseram que não poderiam fazer nada por causa dos presos na carceragem. Revoltadas, as vítimas ligaram novamente para a Polícia Militar. Meia hora depois, quando a equipe da RICTV|Record TV já estava no local, uma viatura enfim apareceu. O ladrão, que já tem passagem pelo sistema penitenciário, foi encaminhado ao hospital para ser medicado. Assim que receber alta, será levado à delegacia.

Veja também:

Bandido baleado por GM pode ser o mesmo que matou idoso em assalto

Mãe e filha morrem atingidas por balas perdidas na Mangueira

Envie seu comentário

Comentários (0)

Dupla de adolescentes rouba carro de PM, é flagrada na fuga e se dá mal

Os assaltantes foram perseguidos por uma viatura da PM na CIC, trocaram tiros com os policias e capotaram o carro roubado

Durante a perseguição, os suspeitos trocaram tiros com os policiais, foram baleados e capotaram o carro (Foto: Paulo Fischer/RICTV)

*Com informações do repórter Marcelo Boges, da RICTV

Um assaltante morreu e o outro ficou gravemente ferido após ambos roubarem o carro de uma sargento da reserva da Polícia Militarna noite desta sexta-feira (30), na Cidade Industrial de Curitiba (CIC)

A policial esperava o filho sair de uma academia quando foi surpreendida e rendida pela dupla de adolescentes, aparentando ter entre 16 e 18 anos, no bairro Santa Quitéria. Os bandidos levaram o carro da vítima e fugiram em alta velocidade em direção à CIC, mas deram de cara com uma viatura da PM.

Durante a perseguição, os suspeitos trocaram tiros com os policiais, foram baleados e capotaram o carro na Rua Luiz Augusto Marckmann Grocoske.

Um dos assaltantes morreu na hora , dentro do carro. O outro foi socorrido em estado grave ao Hospital do Trabalhador.   Segundo a Rotam, que se envolveu na troca de tiros, a dupla estava com uma pistola e um simulacro. Os dois suspeitos não foram identificados.

Veja também:

Bandido baleado por GM pode ser o mesmo que matou idoso em assalto

Mãe e filha morrem atingidas por balas perdidas na Mangueira

 

Envie seu comentário

Comentários (0)

Mulher é presa por ter relações e engravidar de garoto de 11 anos

Os dois mantiveram relações por três anos, desde que o menino tinha 11 até depois que ele completara 14

Marissa tinha 22 anos quando manteve relações sexuais com o menino de 11 em Tampa, na Flórida (Foto: Divulgação)

Uma mulher da Flórida, Marissa Ashley Mowry, funcionária do parque Busch Gardens, foi presa na última terça-feira (27) por ter mantido relações sexuais com um menino de apenas 11 anos, de quem ela engravidou.  

A gravidez ocorreu em 2014. Marissa tinha 22 anos na época, exatamente o dobro da idade do menino, cujo nome não foi revelado. Desde então, os fizeram sexo "diversas vezes", afirmou o xerife do condado de Hillsborough.

A criança, que nasceu em outubro de 2014, hoje tem três anos e será encaminhada "para um adulto responsavel", explicou o xerife. 

Marissa, que hoje tem 25 anos, foi presa do lado de fora do Busch Gardens, onde trabalha como atendente. 

Leia também
Mulher de guardião que engravidou menina de 11 anos diz que a culpa é da criança

 

Envie seu comentário

Comentários (0)