Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Confira!

Traficante brasileiro ‘Matrix’ é expulso do Paraguai e chega ao Brasil

Thiago Ximenes era procurado desde dezembro de 2018; Mario Abdo Benítez, presidente do Paraguai, fez questão de confirmar a informação

Autor: Redação RIC Mais
Matrix permaneceu encapuzado durante sua transferência ao Brasil.  (Foto: Polícia Nacional Paraguaia)
Matrix permaneceu encapuzado durante sua transferência ao Brasil. (Foto: Polícia Nacional Paraguaia)

O traficante Thiago Ximenes, conhecido como ‘Matrix’, preso no Paraguai na sexta-feira (8), foi mandado de volta ao Brasil durante a tarde desta segunda-feira (11). Ele foi entregue à Polícia Federal (PF), por volta das 15h30, na Aduana da Receita Federal da Ponte da Amizade em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na fronteira entre os dois países. (Veja imagens abaixo)

A informação foi confirmada pelo próprio presidente do Paraguai Mario Abdo Benítez, que publicou, pelo Twitter, que o traficante já estava a caminho do Brasil. Ele ainda aproveitou para parabenizar a Polícia Nacional e o Ministério Público pela prisão.

A PF encaminhou Matrix para a delegacia, mas não informou quando ele será transferido e nem para onde.

Traficante Matrix no Paraguai

Ximenes, que é um dos líderes do grupo brasileiro Primeiro Comando Capital (PCC), era procurado desde dezembro de 2018 quando fugiu -junto com o também brasileiro Reinaldo Araújo - da sede do Agrupamento Especializado da Polícia Nacional do Paraguai, em Assunção, capital do país.

Matrix é um dos líderes do PCC. (Foto: Divulgação/ Polícia Nacional Paraguaia)

Ele foi detido nesta sexta-feira (8) perto de Villa Ygatimí, no departamento de Canindeyú, fronteira com o Brasil,  três dias depois a polícia matar Araújo. 

Detenção de policiais paraguaios

O ministro do Interior, Juan Ernesto Villamayor, anunciou nesta segunda-feira (11) a detenção de quatro policiais da delegacia de Colônia Ko'e Porá, em Villa Ygatimí, onde, além disso, todos os agentes foram afastados de seus cargos.

As medidas foram tomadas após a divulgação de um áudio no qual dois policiais falam com um parente de "Matrix", supostamente para pedir o pagamento de uma propina para impedir a captura do traficante brasileiro.

"Durante a operação de captura de 'Matrix' existia a preocupação de que a polícia local tivesse acesso à informação e pudesse criar uma emboscada para os agentes ou para a fuga do criminoso", explicou ainda o ministro. Por isso, toda a operação de captura foi uma operação encoberta da qual a delegacia não tinha conhecimento.

A polícia do Paraguai divulgou as imagens do traficante: 

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

  • Comentário via facebook