Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Alvo de emboscada?

PM é morto a tiros durante abordagem na Cidade Industrial de Curitiba

O soldado Erick Norio foi atingido com dois tiros; apesar do esforço da equipe médica, ele não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA da CIC

Autor: Redação RIC Mais
Ainda não se sabe se o soldado Erick Norio foi morto por causa da abordagem ou se foi vítima de uma emboscada na CIC (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Ainda não se sabe se o soldado Erick Norio foi morto por causa da abordagem ou se foi vítima de uma emboscada na CIC (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Um policial militar foi morto durante um confronto na Cidade Industrial de Curitiba na madrugada desta sexta-feira (7). O soldado Erick Norio foi atingido com dois tiros quando descia da viatura.

Soldado da PM é morto na CIC

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), dois soldados -lotados do 23º Batalhão- checavam uma ocorrência de pertubação de sossego, via 190, quando o assassinato aconteceu. Quando os policiais chegavam perto do local indicado na denúncia, pela Estrada Velha do Barigui, avistaram um motociclista com atitude suspeita.

O condutor da viatura realizava uma busca pela placa no momento que o soldado Norio desceu do automóvel. Segundo ele, foi tudo muito rápido. Poucos segundos após Neri descer do carro, ele ouviu disparos de arma de fogo. Em seguida, o condutor perguntou para o colega se ele estava bem e foi quando Norio afirmou que tinha sido atingido.

O soldado, que dirigia a viatura, desceu do automóvel e arrastou o colega baleado para a parte traseira do carro -em uma tentativa de se esconderem do atiradorEm seguida, após o motociclista fugir, o motorista conseguiu colocou Norio dentro da viatura e seguiu até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da CIC.

Apesar da chegada rápida e o esforço da equipe médica, o soldado Erick Norio não resistiu aos ferimentos e morreu no local.  De acordo com o Capitão Araújo, Norio agiu conforme as normas de abordagem da Polícia Militar. "Ele acabou sendo surpreendido com dois disparos. Um deles acertou o colete, e o outro um pouco acima do corte do colete. Tentaram por, aproximadamente, 45 minutos a reanimação. Todos os procedimentos médicos cabíveis foram realizados, mas o soldado não resistiu a esse ferimento", afirmou Araújo. O soldado estava na corporação há oito anos e deixa a mulher e um filho pequeno.

Após a morte do soldado, um grande efetivo foi até a região conhecida como 'Corbélia' (Foto: Paulo Fischer/RICTV Curitiba)

Suspeito de assassinato é morto

Depois do crime, o policial que sobreviveu ao ataque pediu ajuda aos colegas pelo rádio e um grande efetivo foi até a região. De acordo com a PM, tudo aconteceu na invasão conhecida como ‘Corbélia’, que tem alto índice de violência e tráfico de drogas.

Ainda conforme informações repassadas pelo Capitão Araújo, esse é um ataque a segurança do Estado. Somente após as investigações será possível definir a causa do assassinato: se foi pela tentativa de abordagem ou uma emboscada. Durante o cerco na região, um suspeito morreu, mas a PM não confirmou se ele foi o responsável pelo disparo.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,2

  • Comentário via facebook