Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Maus tratos

Pai alcoolizado é preso após agredir filho no tórax em Fazenda Rio Grande

De acordo com testemunhas, o pai estava em bebendo em casa com os filhos antes da agressão acontecer; entenda!

Autor: Redação RIC Mais
O pai foi preso após agredir o filho menor de idade em Fazenda Rio Grande (Foto: ilustrativa/banco de imagens)
O pai foi preso após agredir o filho menor de idade em Fazenda Rio Grande (Foto: ilustrativa/banco de imagens)

Um homem foi preso por lesão corporal de menor e maus tratos após agredir alcoolizado o próprio filho na manhã desta segunda-feira (11), em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Ele foi preso em flagrante de delito e não tem antecedentes criminais.

Pai é preso por lesão corporal

De acordo com testemunhas, o pai estava em bebendo em casa com os filhos antes da agressão acontecer. A criança, percebendo o comportamento alterado do pai, resolveu ligar para a mãe -que estava trabalhando- para avisar o que estava acontecendo.

Em seguida, a mãe pediu ajuda em um grupo de WhatsApp com os moradores da região, que chamaram a Polícia Militar (PM). Quando a viatura chegou no local -e ficou de prontidão-, os agentes conseguiram escutar gritos de uma criança vindo da residência indicada pelos moradores.

Homem resistiu a prisão

Minutos depois, uma viatura da Guarda Municipal (GM) chegou, e o pai saiu de dentro da casa. Imediatamente, os policiais pediram para que o homem abrisse o portão. Na negativa ele gritou para os agentes: "se vocês entrarem, vou 'quebrar' vocês no pau".

Quando os policiais conseguiram entrar na casa, pulando o muro, o homem mostrou se violento e não acatou a abordagem, entrando em luta corporal. Como ficou ferido, ele foi conduzido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, em seguida, para a delegacia de Fazenda Rio Grande.

Menino foi agredido no tórax pelo pai

Em um dos quartos da casa, os policiais encontraram duas crianças, uma de quatro e outra de dois anos. Elas estavam abaladas e também foram encaminhadas para a UPA. Durante o trajeto, o menino de quatro anos teve períodos de vômito e alegou ter apanhado do pai na região do tórax.

As crianças foram encaminhadas para o Conselho Tutelar depois do atendimento médico e, horas depois, a mãe foi até o local para retirar os filhos.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

  • Comentário via facebook