Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Sem feridos

Dois ônibus da caravana de Lula são atingidos por tiros no Paraná

Informação compartilhada nas redes sociais conta que o fato ocorreu entre as cidades de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul e não deixou feridos

Autor:
A senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffman (PR), disse que a caravana
A senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffman (PR), disse que a caravana "foi vítima de uma emboscada". (Foto: Ricardo Stuckert)

*Do R7 com redação RIC Mais

Dois dos três ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foram atingidos por disparos de arma de fogo na noite desta terça-feira (27) no interior do Paraná. Ele não estava em nenhum dos veículos, mas sim foi de helicóptero até o local. O político está em viagem pelo Brasil e entre os dias 19 a 28 março visita a região sul do país.

No comunicado mais recente, a caravana destaca que um dos veículos alvejados transportava assessores do PT e convidados.

A senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffman (PR), disse que a caravana "foi vítima de uma emboscada", o que deixou as pessoas "muito assustadas".

"Um dos ônibus, que estava transportando a imprensa, teve dois pneus furados para diminuir a velocidade e levou dois tiros", disse Gleisi, que ainda lamentou um "grau de violência" inesperado na caravana.

De acordo com as publicações, publicadas nas redes sociais e compartilhada por parlamentares petistas, o fato ocorreu no caminho entre as cidades de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no Estado do Paraná. Ninguém teria se ferido.

Segundo os relatos, o grupo já teria contatado a Polícia Militar para realizar perícia sobre a marca de tiro no transporte.

Em outra publicação mais recente, a caravana diz que pregos foram colocados na estrada para furar os pneus dos ônibus que acompanham o ex-presidente.

Em nota, o Departamento da Polícia Civil do Paraná informou que uma equipe da Delegacia de Laranjeiras do Sul, no centro-sul paranaense, está verificando o ocorrido. Leia na íntegra:

O Departamento da Polícia Civil do Paraná informa que uma equipe da Delegacia de Laranjeiras do Sul está no local, na Universidade Fronteira Sul, verificando a situação junto à comitiva do ex-presidente Lula. Será feita uma perícia no ônibus e se constatado um disparo de arma de fogo será aberto um inquérito policial para apurar os fatos.

Importante ressaltar que o ex-presidente não estava no ônibus. Ele chegou de helicóptero no local.

A Polícia Militar do Paraná reforçou o policiamento nos locais de manifestação pré determinados junto à comitiva do ex-presidente. Não houve, por parte do ex-presidente, o pedido de escolta.

Leia mais:

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook