Curitiba

Menina de 12 anos mata tio com facada no coração para defender a irmã

Homem estaria embriagado e teria tentado agredir a sobrinha grávida com um serrote

Socorristas tentaram reanimar a vítima, mas homem não resistiu a facada no coração (Foto: Claudiomar César/RICTV Maringá)

*Com informações de Claudiomar César, da RICTV Maringá

Para defender a irmã grávida, uma adolescente de 12 anos matou o tio, um homem de 50 anos, com uma facada no coração. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (31) em Maringá, na região norte do Paraná.

A mãe das adolescentes é irmã da vítima e eles moravam no mesmo terreno, no Conjunto Ney Braga. De acordo com testemunhas, Carlos da Cunha chegou embriagado à residência e tentou agredir a jovem grávida de 5 meses com um serrote. A adolescente pegou uma faca grande de cozinha e pulou nas costas do tio.

Apesar de ser atingido nas costas, a facada atingiu o coração da vítima. O homem chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu no local.

Vizinhos afirmaram que as agressões contra a família eram comuns, principalmente quando o homem ficava bêbado.

A faca usada contra a vítima foi apreendida e a adolescente prestou depoimento na delegacia de Maringá, mas foi liberada. Segundo a delegada Emilene Locateli, ela agiu em legítima defesa e o caso deve ser encaminhado para o Ministério Público do Paraná.

Ainda de acordo com a delegada, Carlos da Cunha já tinha antecedentes criminais por violência doméstica. Ele teria agredido a mãe das adolescentes em 2015. Além disso, ele também tinha passagens por dirigir embriagado.

Veja também:

 

Envie seu comentário

Comentários (0)

Bandidos bloqueiam trânsito e fazem arrastão em quatro ônibus de turismo

Um motorista e um passageiro foram baleados; os assaltantes fugiram

Um dos ônibus levou mais de cinquenta tiros. (Foto: Reprodução RICTV)

Passageiros descreveram momentos de pânico e terror. (Foto: Reprodução RICTV)

Passageiros descreveram momentos de pânico e terror. (Foto: Reprodução RICTV)
Projéteis ficaram espalhados pela rodovia e cravados na lataria dos veículos. (Foto: Reprodução RICTV)
Um dos ônibus levou mais de cinquenta tiros. (Foto: Reprodução RICTV)

*Com informações dos repórteres Daniel Santos e Otoniel Silva, da RICTV Curitiba

Quatro ônibus de turismo foram assaltados na BR 376, por volta das 19h, em Tijucas dos Sul, região metropolitana de Curitiba, na noite da última quarta-feira (30). Os ladrões, armados com fuzis e pistolas, bloquearam a frota da empresa ‘Mônica Turismo’, de Porto Alegre, com um caminhão- guincho.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a ocorrência aconteceu no quilômetro 640, próximo ao trevo de acesso à PR-281, que liga Tijucal do Sul a capital. O caminhão-guincho foi atravessado na rodovia, em frente aos carros que faziam escolta ao comboio, impedindo todo o tráfego.

Os criminosos, formados por um grupo de cerca de dez pessoas, estavam em dois veículos e chegaram fazendo disparos contra os ônibus e automóveis ao redor. Durante a ação, o pânico tomou conta dos motoristas e passageiros, além daqueles que também seguiam pela BR e ficaram bloqueados. Um caminhoneiro que seguia pela estrada e teve seu veículo atingido por disparos falou sobre os momentos de tensão: “Eu estava atrás do ônibus, começou o tiroteio, eu só me abaixei. Não tinha o que fazer, não sabia se corria ou se ficava no carro”, contou à equipe da RICTV Record.  

Cerca de 150 comerciantes de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul que seguiam com destino a São Paulo foram roubados. Um motorista levou dois tiros, uma passageira um tiro de raspão e outros foram agredidos com coronhadas. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Cajuru, em Curitiba, enquanto os demais foram para a Unidade Operacional Contorno Leste para registrar o boletim de ocorrência.

Os bandidos fugiram, mesmo com o bloqueio da Polícia Militar que não foi rápido o suficiente para encontrá-los. O trânsito ficou parado por quase duas horas e provocou um congestionamento de 13 km que só foi normalizado por volta das 21h40.  

Assista à reportagem do Paraná no Ar:

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Mãe e filho de 8 anos são encontrados mortos dentro de apartamento

O marido achou os corpos e entrou em estado de choque

Ainda não se sabe se ela sofria de problemas psicológicos. (Foto: Reprodução RICTV)

* Com informações do repórter Marcelo Borges de Oliveira, da RICTV Curitiba

Uma mulher de 32 anos e o filho, de apenas oito, foram encontrados mortos por volta das 19h desta quarta-feira (30). O corpos estavam em um dos quartos do apartamento que fica na rua Alameda Presidente Prudente de Morais, no bairro Mercês, em Curitiba.

De acordo com a perícia que esteve no local, os dois foram achados em um dormitório com as portas e janelas vedadas por toalhas, uma espécie de churrasqueira com carvão queimado e intensa fumaça no interior do imóvel. 

Foi o pai e marido que chegou em casa, depois do trabalho, e se deparou com ambos mortos. Segundo a polícia, ele entrou em desespero e precisou ser atendido por médicos, razão pela qual dará o seu depoimento daqui alguns dias.

A perícia foi ao local e levantou mais informações para dar suporte às investigações. Os corpos foram recolhidos ao Instituto Médico-Legal (IML).

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)