Curitiba

Idoso recebe ligação misteriosa, desaparece e é encontrado um dia depois

Ele saiu de casa depois de receber uma ligação misteriosa de uma mulher; o idoso foi encontrado espancado, amarrado e inconsciente

O idoso teve veículo, celular e dinheiro roubados por criminosos. (Foto: Reprodução Umuarama News)

*Com informações do Umuarama News

Orides Teixeira, 70 anos, sofreu uma emboscada no último sábado (11), em Umuarama, no noroeste paranaense. O idoso saiu de casa para socorrer alguém que teria ligado no seu celular e desapareceu. Ele foi encontrado na tarde desta segunda-feira (13) amarrado e desacordado em um canavial próximo a PR-323.

Ele teve seu veículo, celular e dinheiro roubados por criminosos e foi abandonado para morrer no local. Por sorte, trabalhadores que passavam na plantação avistaram seu corpo. Ele foi encaminhado ao hospital e permanece internado em estado gravíssimo.   

Segundo informações de um familiar que não quis se identificar, o idoso sumiu desde as 8h da manhã de domingo, depois de receber uma ligação de uma mulher e sair para ajudar alguém. Os parentes não sabiam ao certo porque ele saiu sem avisar ninguém.

Buscas

Como o idoso não voltava para casa, eles começaram a ficar preocupados e desde às 6h da manhã de segunda (10) um mutirão de buscas, formado por vizinhos e amigos,  começou procurá-lo. Ainda de acordo com as informações do familiar, enquanto andavam pelos matagais, receberam o aviso de que Orides havia sido encontrado perto dali e já estava no hospital, mas que não estava nada bem. “Bateram, machucaram muito ele e deixaram ele só com a calça”, contou a mulher. Ela ainda completou dizendo que ele está irreconhecível de tanto que apanhou e corre risco de vida.

A vítima terá que ser submetida a uma cirurgia devido aos ferimentos e traumatismo craniano causados pelo espancamento. Médicos avisaram à família que o caso é delicado, devido a idade do homem. 

O Boletim de Ocorrência foi registrado e até o momento não existem informações sobre os responsáveis pelo crime. No momento em que o idoso esteve acordado, falou que não lembra de nada, não reconheceu os parentes e chegou dizer que caiu cortando cana.

Orides Teixeira, 70 anos, permanece internado em estado gravíssimo. (Foto: Reprodução Umuarama News)

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Motorista é preso transportando porco morto em cadeirinha de bebê

No interior do veículo foram encontrados um porco na cadeirinha de bebê e outro no banco de passageiros

O porco na cadeirinha de bebê ia se entregue a consumidores. (Foto: Divulgação PRF)

* Por Jornal de Brasília via R7

Um homem de 26 anos foi preso por dirigir alcoolizado, na tarde deste sábado (11), na BR-070, próximo ao município de Aragarças (GO). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista ainda transportava um porco morto sentado em uma cadeirinha de bebê.

Segundo a corporação, policiais faziam ronda de rotina quando perceberam um veículo transitando na via com som alto. Os PRFs deram ordem de parada para o suspeito, que fugiu e foi abordado após uma perseguição dos agentes. A PRF informou ainda que, durante a fuga, o homem realizou diversas manobras arriscadas como conduzir o veículo em velocidade alta, atravessar ruas sem parar e realizar freadas bruscas para evitar colisões.

Ao ser parados pelos policiais, o condutor ficou exaltado e foi submetido ao teste do bafômetro, que detectou teor alcoólico de 0,82 mg/l no sangue. No interior do veículo foi encontrado latas de cerveja e dois porcos abatidos que seriam entregues a consumidores da cidade e em Barra dos Garças (MT).

O homem foi autuado por embriaguez ao volante, não utilização do cinto de segurança e por trafegar com velocidade acima da média. Ele foi detido e encaminhado para a delegacia local da Polícia Civil.

No interior do veículo foi encontrado latas de cerveja e dois porcos abatidos. (Foto: Divulgação PRF)

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

PRF apreende quase três toneladas de maconha no interior do Paraná

A apreensão de maconha é a terceira maior feita este ano; a carga seguia para São Paulo

A apreensão das quase três toneladas de maconha aconteceu em Marechal Cândido Rondon. (Foto: PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 2.798,6 quilos de maconha nesta segunda-feira (13) na BR-163 em Marechal Cândido Rondon, na região oeste do Paraná.

Além da droga, os agentes da PRF apreenderam ainda uma metralhadora calibre 9 milímetros, 450 munições de diversos calibres e quatro frascos de anabolizantes.

As cargas ilícitas eram transportadas em um fundo falso de um caminhão destinado ao transporte de frangos.

Destino

Preso em flagrante, o motorista, de 29 anos de idade, disse que saiu de Caarapó (MS) e que entregaria o droga, a arma e as munições em Sorocaba (SP).

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

O homem responderá, a princípio, pelos crimes de tráfico de drogas, tráfico internacional de arma de fogo e importação ilegal de medicamentos.

Histórico de toneladas

A apreensão de 2,8 toneladas de maconha é a terceira maior feita este ano pela PRF no Paraná. A maior foi registrada no último dia 26 de julho, em Toledo, quando 4,3 toneladas de maconha foram apreendidas. A segunda maior ocorreu em Céu Azul, em 11 de agosto: quatro toneladas.

A carga estava no fundo falso do caminhão. (Foto: PRF)

Veja o momento em que os policiais descobriram o fundo falso. (Imagens/PRF):

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)