Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

ERRO MÉDICO

Hospital usa detergente para limpar pulmões de um homem de 68 anos

O erro aconteceu durante uma operação de emergência, e acabou tendo graves consequências para a vítima; entenda!

Autor: R7 com redação RIC Mais
O hospital usou detergente ao invés de medicamento (Foto: reprodução R7/CC0 CREATIVE COMMONS)
O hospital usou detergente ao invés de medicamento (Foto: reprodução R7/CC0 CREATIVE COMMONS)

Um hospital inglês acabou cometendo um grande engano ao usar detergente para limpar os pulmões de um homem de 68 anos. O caso aconteceu durante uma operação de emergência na cidade de Bolton, noroeste da Inglaterra, no Reino Unido.

Segundo informações do jornal britânico The Telegraph, o erro causou grandes consequências para a vítima e a sua família, que cogita processar a clínica responsável por negligência.

Entenda o caso

William Hannah foi levado ao Hospital Salford Royal após ser atingido por um carro, o que deixou o homem com uma lesão traumática no cérebro, hemorragia, além de fraturas e lesões.

No hospital, William foi levado para a UTI, onde ficou instalado em uma incubadora. Nesse período, o homem acabou desenvolvendo uma infecção pulmonar, que exigiu uma cirurgia de emergência para melhorar a respiração da vítima.

Durante a cirurgia, um membro da equipe de enfermagem recebeu ordens para buscar uma solução salina que poderia ser utilizada para operações de limpeza brônquica. Entretanto, o  estoque do líquido havia acabado 18 dias antes e uma garrafa sem rótulo, contendo detergente, foi utilizada no lugar.

Família não se conforma com o erro do hospital

Segundo Lisa Hannah, filha da vítima, a família está extremamente chocada com o erro médico. “É um erro inacreditável. Infelizmente, acreditamos que meu pai não foi tratado com a compaixão e o respeito que se espera de um hospital desse nível".

A família, muito triste diante de todo o descaso, acabou perdendo William Hannah e estudam a possibilidade de processar o hospital - mesmo isso não trazendo o homem de volta.

Hospital lamenta

Procurado, Pete Turkington, médico diretor da organização gestora do hospital afirma que toda a equipe deseja os mais profundos sentimentos para família.  "Nós oferecemos nossos mais profundos sentimentos para a família de William Hannah pela perda de um parente tão amado. Tudo indica que o tratamento recebido por William Hannah ficou longe do alto padrão que nos orgulhamos de apresentar. Desde então, adotamos novas medidas para garantir que uma tragédia como essa não se repita", concluiu.

E você, o que faria nessa situação?

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 3,5

  • Comentário via facebook