Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Na capital

Edson Brittes participa de audiência sobre carro roubado

Brittes foi flagrado dirigindo um carro com a numeração raspada em 2015; ele afirmou não saber que se tratava de um carro roubado, mas foi denunciado pelo MP-PR após investigações

Autor: Redação RIC Mais
Edison Brittes é réu em um caso sobre um veículo roubado. (Foto: Arquivo/RICTV)
Edison Brittes é réu em um caso sobre um veículo roubado. (Foto: Arquivo/RICTV)

Edson Brittes, assassino confesso do jogador Daniel Corrêa, participou da audiência de instrução e julgamento sobre um veículo roubado que foi encontrado com ele em 2015. A sessão ocorreu na 12ª Vara Criminal de Curitiba, no fim da tarde desta segunda-feira (11) e foi fechada à imprensa.

Brittes com carro roubado

Na época, Edison foi flagrado dirigindo o carro com a numeração raspada. Na sequência, a polícia descobriu que ele havia sido roubado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, em 2014. Por isso, Brittes foi preso, posteriormente solto, mas responde ao processo.

Conforme informações, na ocasião, ele afirmou na delegacia que havia comprado o veículo de uma terceira pessoa, que havia pago R$ 40 mil e não sabia que se tratava de um carro roubado. Ele ainda declarou que providenciou toda a documentação necessária e que nenhuma irregularidade foi encontrada.

No entanto, a investigação da polícia prosseguiu e Brittes foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR). 

O outro lado

Cláudio Dalledone Junior, advogado da família Brittes no caso Daniel, não quis se manifestar sobre a audiência desta segunda-feira (11).

Leia também:

Após possibilidade de fuga, Edison Brittes é transferido para Curitiba

Suspeito de matar o jogador Daniel Correa possui passagens pela polícia

Moto dirigida por Edison Brittes está no nome de traficante

MP quer investigar Edison Brittes por organização criminosa

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

  • Comentário via facebook