Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

operação CORRUMPERE

Delegado da Polícia Federal de Londrina é condenado por corrupção passiva

Viana perdeu o cargo e, assim como "Tigrinho" foi condenado a 4 anos e 8 meses em regime semiaberto mantendo o monitoramento eletrônico que já vem sendo feito desde 2017.

Autor: Redação RIC Mais
A determinação judicial também proibe que os réus se comuniquem e se aproximem do empresário que denunciou o esquema.
A determinação judicial também proibe que os réus se comuniquem e se aproximem do empresário que denunciou o esquema.

A Justiça Federal determinou a demissão do delegado da Polícia Federal de Londrina, Sandro Viana, e o condenou por envolvimento em um esquema de corrupção passiva e concussão com abuso de poder e violação de dever para com a Administração Pública.

O delegado foi preso em fevereiro de 2017 no momento em que repartia dinheiro de origem ilícita, com o empresário Clodoaldo Pereira dos Santos, conhecido como ‘Tigrinho’.

De acordo com o juiz Robson Carlos de Oliveira, da 5ª Vara Federal de Londrina, Vianna solicitou propina alegando livrar o referido empresário do indiciamento de um inquérito policial, bem como deixar de propor medidas coercitivas contra ele.

Delegado e o comparsa não podem se comunicar

Viana perdeu o cargo e, assim como "Tigrinho" foi condenado a 4 anos e 8 meses em regime semiaberto mantendo o monitoramento eletrônico que já vem sendo feito desde 2017. 

A determinação judicial também proibe que os réus se comuniquem e se aproximem do empresário que denunciou o esquema.

O que dizem as defesas

Os advogados ainda não tiveram acesso ao documento da Justiça Federal, mas a defesa de Sandro Vianna dissse que deve recorrer.

Delegado da PF é preso em operação policial contra esquema de corrupção

A Polícia Federal deflagrou uma operação, Batizada de CORRUMPERE, para desarticular uma organização criminosa composta por um delegado de Polícia Federal de Londrina, um proprietário de empresa de segurança privada e outros envolvidos.

 

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook