Curitiba

Criminosos roubam 28 toneladas de bacon no norte do Paraná

Os assaltantes renderam o motorista que levava a carga de bacon na PR-444, entre Cambé e Arapongas

O roubo do bacon aconteceu na madrugada deste sábado (16). (Foto: Ilustrativa/Pixabay)

*Com informações de Daniela Calsavara, repórter da RICTV Londrina

Ladrões renderam um motorista que conduzia um caminhão carregado com 28 toneladas de bacon no início da madrugada deste sábado (16), próximo ao município de Cambé, norte do Paraná. Depois de ser feito refém por mais de cinco horas, o homem de 38 anos foi liberado.

Segundo o depoimento da vítima, ele foi abordado pelos assaltantes quando estava em um trecho de subida e seguia em velocidade reduzida. Aproveitando a oportunidade, um dos criminosos pulou no caminhão, retirou uma peça e fez com que o veículo parasse no meio da rodovia. Armado, ele rendeu o motorista e um comparsa assumiu a direção até a PR-444, em Arapongas, região metropolitana de Londrina, também no norte do Estado. Ali, o homem foi liberado nas margens da PR.

A vítima que foi feita de refém próximo das 0h e solta somente ao amanhecer de domingo (17), por volta das 5h da manhã, também teve R$ 400 reais em dinheiro e o celular roubados.

O caminhão foi encontrado vazio alguns quilômetros depois de onde ele foi deixado.

O motorista e o caminhão foram encaminhados à 22º Subdivisão Policial de Arapongas, que vai investigar o caso.

Assista ao vídeo do Paraná no Ar:

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Mãe e filho de 13 anos morrem afogados no rio Paranapanema

A mulher pulou na água para salvar o menino que havia caído no rio, mas mãe e filho acabaram afogados

A mãe e o filho morreram afogados na tarde deste sábado (16). (Foto: Reprodução RICTV)

*Com informações de Fábio Guillen, repórter da RICTV Maringá

Um final de semana que era para ser de diversão em família acabou da pior forma possível no município de Santa Inês, no norte do Paraná. Mãe e filho morreram afogados na tarde deste sábado (16) no Rio Paranapanema, que faz fronteira com o Estado de São Paulo.  

Segundo testemunhas, o adolescente de 13 anos caiu na água e a mãe de 32 anos entrou no rio para tentar salvá-lo. Depois de mais de 10h de buscas os bombeiros conseguiram localizar as vítimas do incidente. A mulher foi encontrada ainda no sábado, já o corpo do menino foi retirado do rio apenas na manhã de domingo (17).

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a situação, mas testemunhas que estavam no local afirmam que realmente a mulher morreu tentando salvar o filho. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML). 

Assista ao vídeo do Paraná no Ar:

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Jovem passa no vestibular e mata o pai durante festa de comemoração

A vítima era um sargento do Exército e já possuía um histórico de violência familiar

O jovem matou o pai depois dele ameaçar a família com uma arma de fogo. (Foto: Reprodução RICTV Curitiba)

A festa que deveria comemorar a aprovação no vestibular de um jovem de 18 anos acabou em tragédia na noite desta sexta-feira (15), no bairro Boqueirão, em Curitiba. O rapaz recém-ingresso na universidade matou o próprio pai a facadas, dentro de casa, para defender a família. A vítima era sargento do Exército e tinha 41 anos.

Segundo testemunhas, durante a comemoração o homem, que já possuía um histórico de agressividade e problemas com bebidas alcoólicas, ameaçou os familiares com uma arma de fogo. No calor do momento, na frente de todos os parentes e amigos presentes, o filho, que estava com uma faca de cortar pão nas mãos, acabou desferindo vários golpes contra o pai. Ele morreu antes da chegada de socorro. O corpo foi enterrado durante o fim de semana.

O jovem foi levado à Central de Flagrantes de Curitiba, mas acabou liberado por se tratar de um caso de legítima defesa. A Polícia Civil é responsável pela investigação do caso.

Assista à reportagem do Paraná no Ar:

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)