Curitiba

PRF apreende mais de R$ 3 milhões em cigarros contrabandeados no Paraná

Apenas duas carretas apreendidas transportavam mais de 600 mil carteiras de cigarro do Paraguai

Juntas as duas cargas de cigarro contrabandeado somam mais de R$ 3 milhões em valor de mercado (Foto: PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 650 mil carteiras de cigarro contrabandeadas do Paraguai nesta quinta-feira (20) no Paraná. As duas cargas juntas somam aproximadamente R$ 3,25 milhões.

A primeira apreensão aconteceu na BR-163 em Lindoeste, na região oeste do Estado, onde os agentes da PRF abordaram uma carreta transportando cerca de 250 mil carteiras de cigarro escondidas sob uma carga de soja.

O motorista foi preso em flagrante por contrabando e a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal em Cascavel, também na região oeste.

Já em Pato Branco, na região sudoeste do Paraná, a polícia abordou outra carreta na BR-158, transportando cerca de 400 mil carteiras de cigarro, com valor de mercado estimado em R$ 2 milhões. O semirreboque acoplado ao caminhão estava totalmente lotado de cigarro contrabandeado.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Guarapuava.

O crime de contrabando tem pena prevista de dois a cinco anos de prisão.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Mulher que mandou matar ex-marido a marretadas é presa na região Norte

A vítima se recusaria a aceitar o fim do relacionamento, e então teria contratado três homens para fazer o 'serviço'

Foto: Polícia Civil

Uma mulher de 34 anos foi presa em Ribeirão Claro, na região norte do Paraná, suspeita de mandar matar o ex-companheiro a marretadas. Junto com ela, a Polícia Militar também prendeu um rapaz de 19 anos, suspeito de ser um dos executores do crime.

Segundo a Polícia Civil, o corpo de Adilson José de Souza, 34 anos, foi encontrado na tarde de segunda-feira (17) com sinais de violência física, próximo ao Centro de Eventos de Ribeirão Claro, no bairro CQG. O homem foi morto no domingo com golpes de marreta. A polícia está a procura de outros dois suspeitos que teriam ajudado a assassinar a vítima.

O motivo do crime, conforme a polícia, é que Adilson não aceitava o fim do relacionamento. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Patrícia Cavalari Bocamino Taborda, a mulher planejou a morte e convidou o ex-companheiro para um suposto encontro com a intenção de atraí-lo até o local em que ocorreu o crime. “Ao chegar lá, a vítima foi surpreendida pelos três rapazes, que o agrediram até a morte com uma marreta”, conta. 

O crime foi elucidado em menos de 24 horas. A mulher e o jovem detidos estão presos no Setor de Carceragem Temporária (Secat) da Delegacia de Ribeirão Claro, onde aguardam à disposição da Justiça.

Todos os envolvidos responderão por crime de homicídio qualificado e, se condenados, podem pegar até 30 anos de prisão.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Tiroteio na BR-116 termina com bandido baleado em Curitiba

Após perseguição de carro roubado, policiais trocaram tiro com o assaltante na BR-116

Na troca de tiros, o suspeito foi atingido no braço e na perna. (Foto: Tiago Silva/RICTV)

Na troca de tiros, o suspeito foi atingido no braço e na perna. (Foto: Tiago Silva/RICTV)

Na troca de tiros, o suspeito foi atingido no braço e na perna. (Foto: Tiago Silva/RICTV)
Na troca de tiros, o suspeito foi atingido no braço e na perna. (Foto: Tiago Silva/RICTV)
Na troca de tiros, o suspeito foi atingido no braço e na perna. (Foto: Tiago Silva/RICTV)

*Com informações do repórter Tiado Silva, da RICTV Curitiba

Um tiroteio na BR-116, na região do Tatuquara, terminou com um ladrão baleado na manhã desta quinta-feira (20).

Policiais Militares em patrulhamento avistaram, na estrada Delegado Bruno de Almeida, um Prisma branco com placas trocadas, utilizado para assaltos no bairro Tatuquara.

Quando os PMs tentaram interceptar o carro, o motorista acelerou para fugir e foi perseguido até a BR-116. Em frente à Ceasa, o criminoso sacou uma arma e atirou contra os policiais. Na troca de tiros, o suspeito foi atingido no braço e na perna.

A pista foi bloqueada, complicando o trânsito na via, mas, por volta das 10h30, a situação já havia sido normalizada.

O carro foi recuperado e levado à Delegacia de Veículos em Curitiba. O ladrão detido foi conduzido ao Hospital do Trabalhador.

Veja também

Criança de três anos é baleada no olho e no peito em São José dos Pinhais

Polícia entra em confronto com bandidos em agência do Banco do Brasil em Londrina

Envie seu comentário

Comentários (0)