Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Maus-tratos

Caminheiro é preso suspeito de atirar contra cachorro em terminal de cargas

Segundo testemunha, o homem estava brincando com animais quando cadela mordeu sua bermuda; em seguida, ele atirou no peito do bicho

Autor: R7 com redação RIC Mais
Caminhoneiro é preso suspeito de atirar contra cachorra na zona norte de SP (Foto: Reprodução/RecordTV)
Caminhoneiro é preso suspeito de atirar contra cachorra na zona norte de SP (Foto: Reprodução/RecordTV)

Um caminhoneiro foi preso após atirar contra uma cachorra, em um terminal de cargas no Jardim Brasil, na zona norte de São Paulo, na quarta-feira (5).

Caminhoneiro atira em cachorro e é preso

Segundo um manobrista que alimenta os cães que vivem no pátio do terminal, o caminhoneiro de 38 anos se aproximou para brincar com os cachorros. No entanto, foi atacado por uma cadela, que mordeu a bermuda do homem. Em seguida, o caminhoneiro foi até o seu veículo, pegou uma arma e atirou contra o animal.

Questionado pelo manobrista sobre o motivo que levara a atirar, o caminhoneiro teria respondido que "aquela cachorra não ia morder mais ninguém no local". A Polícia Militar foi acionada e prendeu, em flagrante, o caminhoneiro.

Os agentes encaminharam a cadela para o Hospital Veterinário Vet Popular, no Tucuruvi. A pasta também apreendeu a arma utilizada no crime, uma pistola modelo PT 51 Taurus. O caso foi registrado no 73° DP (Jaçanã) e o caminhoneiro irá responder pelo crime de maus-tratos e porte ilegal de arma.

Segundo a veterinária Bianca, o estado de saúde da cachorra é estável. Ela chegou andando na clínica e apresentava dois furos, já que a bala perfurou o tórax e saiu do outro lado. Só exames mais detalhados poderão dizer se a bala atingiu o pulmão.

 

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,0

  • Comentário via facebook