Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Nas mãos do COPE

Ataque à caravana de Lula é investigado por unidade de elite da polícia

Ataque a tiros à caravana de Lula é tratado como disparo de arma de fogo e dano

Autor: Redação RIC Mais
Ônibus da caravana de Lula foram alvos de tiros (Foto: Reprodução/RICTV)
Ônibus da caravana de Lula foram alvos de tiros (Foto: Reprodução/RICTV)

O ataque a tiros à caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Laranjeiras do Sul, na região Oeste do Paraná, será investigado pela unidade de elite da Polícia Civil do Paraná. Equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) estão na cidade para auxiliar no caso.

De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), o Instituto de Criminalística do Paraná está finalizando o laudo de perícia no ônibus e o documento deve ficar pronto nos próximos dias.

Em nota, a Sesp ainda informa que “houve alteração, por parte dos organizadores da caravana, do roteiro e do cronograma que foram informados previamente às forças de segurança do Estado do Paraná” e de que o policiamento foi reforçado “em todos os locais indicados pelos representantes da caravana, onde seriam realizadas as manifestações com a presença do ex-presidente Lula”.

Investigações

De acordo com o delegado Helder Lauria, chefe da Subdivisão de Polícia de Laranjeiras do Sul e responsável pelo caso, o ataque a tiros à caravana de Lula é tratado como disparo de arma de fogo e dano - e não como tentativa de homicídio como havia sido informado pelo delegado-adjunto Wikinson Fabiano Oliveira de Arruda.

Leia também:

 

 

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook