Olá
Logout

Protestos contra Temer são convocados para esta quinta-feira

Autor: Redação RIC
Manifestantes fecharam a avenida Paulista, em São Paulo, na noite dessa quinta-feira (17), pedindo eleições diretas depois das divulgações de corrupção envolvendo o presidente Michel Temer. (Foto: Paulo Pinto/AGPT)

Pelo menos duas manifestações contra o presidente Michel Temer (PMDB) estão agendadas para acontecer nesta quarta-feira (17) em Curitiba. Os atos foram convocados poucas horas após vir a público a existência da gravação, feita por um dos donos da JBS, de uma conversa em que Temer teria autorizado a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB). 

Uma dos protestos está marcado para às 18h30, na Praça do Homem Nu e da Mulher Nua, no Centro Cívico. Outra manifestação foi marcada para a mesma data e horário, mas com concentração na Praça Santos Andrade, em Curitiba. Os manifestantes pedem a saída de Temer e a criação de eleições diretas para presidente. 

A Presidência da República divulgou nota, na noite desta quarta-feira (17), na qual informa que o presidente Michel Temer "jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha", que está preso no Complexo Médico Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na Operação Lava Jato. "O presidente Michel Temer jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar. Veja a íntegra da nota aqui.

Leia também

Escândalo JBS: deputados da oposição fazem protestos contra Temer

STF determina o afastamento de Aécio Neves e Rocha Loures

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Nesta manhã

"Resposta calorosa"

Melhores condições

Carregando