Olá
Logout
Ao vivo:
Próximo

PF afirma ter encontrado evidências de que Gleisi recebeu propina

Autor: Redação RIC Mais
A suspeita é que a empresa Consist, que administrava o programa de computador usado nos empréstimos, tenha repassado R$ 100 milhões ao PT e a outros políticos (Foto: Antonio Cruz/Agencia Brasil)

O inquérito que acusa a senadora Gleisi Hoffmann (PT) de receber propina foi concluído nesta quinta-feira (17) pela Polícia Federal (PF). O relatório afirma ter encontrado evidências de que Gleisi recebeu r$ 1 milhão.

O inquérito é um desdobramento da operação ‘Lava Jato’, que apura fraudes praticadas pelos servidores públicos federais por meio de empréstimos consignados. O relatório foi enviado em março para o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), e além da presidente do PT, Paulo Bernardo, que é marido da senadora e  ex-ministro do Planejamento e das Comunicações, também é investigado.

A suspeita é que a empresa Consist, que administrava o programa de computador usado nos empréstimos, tenha repassado R$ 100 milhões ao PT e a outros políticos. Além disso, existem suspeitas de que Guilherme Gonçalves repassou dinheiro a Gleisi.

Em nota, a senadora questionou o vazamento de um inquérito que corre em segredo de Justiça, leia na íntegra:

"Como é que um processo que corre em segredo de Justiça tem um suposto relatório vazado para a imprensa, sem que isso seja do meu conhecimento ou da minha defesa? Com que objetivo? Nunca tive contas pagas por terceiros nem recebi dinheiro ilegal para mim ou para campanhas eleitorais. A investigação a que se refere a reportagem se arrasta há dois anos e meio e não concluiu nada, a julgar pelas insinuações levianas, que remetem a terceiros, ao invés de sustentar acusações concretas. Não há qualquer fato ou prova que possa levar a isso. Lamento que esteja sendo mais uma vez vítima de calúnias e de perseguição político-judicial-midiática. Só posso entender essa sanha de inquéritos em razão de minhas posições políticas e por estar ocupando a presidência do PT, partido que a Operação Lava Jato e a mídia golpista tratam como inimigo a ser abatido."

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Melhores condições

Ex-governador MG

Oito em Ponto

Carregando