Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Após dois meses

Justiça autoriza Joesley e Wesley Batista a terem contato

Medida cautelar que proibia conversas entre os dois réus havia sido imposta após soltura deles, em março

Autor: R7
Irmãos Batista respondem a processos soltos (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress - 29.8.2013)
Irmãos Batista respondem a processos soltos (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress - 29.8.2013)

O juiz Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, autorizou nesta quinta-feira (10) os irmãos Joesley e Wesley Batista, sócios da J&F, a voltarem a ter contato.

"Nesse caso, a medida cautelar de proibição de contato entre os corréus seria adequada se houvesse algum fato que indicasse a possibilidade de um irmão tentar prejudicar o outro. Não há notícia nos autos de qualquer conduta por parte de um dos irmãos que aparente causar prejuízo ao outro irmão. O MPF concordou, igualmente, com o requerimento da defesa", alegou o magistrado.

A restrição havia sido imposta aos dois assim que foram soltos, em março, assim como a necessidade de entregar passaportes e comparecer ao tribunal mensalmente.  Os irmãos Batista, delatores de diversos políticos, passaram seis meses na cadeia. Joesley foi acusado de descumprir o acordo que havia feito e também por crime contra o mercado financeiro. O irmão foi indiciado somente pelo último delito. 

Os advogados dos empresários, Pierpaolo Cruz Bottini e Ana Fernanda Áurea consideraram a decisão justa. “Não há qualquer indícios de que a reunião familiar afete o andamento do processo e a aplicação da lei”, disseram por meio de nota.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook