Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

CRISE

Sob vaias, Atlético é derrotado pelo São Paulo na Arena

Em mais uma tarde sem inspiração, Atlético perde para o São Paulo em casa pela primeira vez em 36 anos. Derrota afunda o Furacão na zona do rebaixamento e aumenta pressão em cima de Fernando Diniz. Confira também a análise do jogo, com Gabriel Carriconde, do RIC MAIS ESPORTES.

Autor: Redação RIC Mais
Gol de Nenê quebrou tabu de 36 anos sem o São paulo vencer na Arena. (Guilherme Artigas/Fotoarena)
Gol de Nenê quebrou tabu de 36 anos sem o São paulo vencer na Arena. (Guilherme Artigas/Fotoarena)

 

Em mais uma tarde melancólica na Arena da Baixada, o Atlético fez o que em 36 anos não tinha feito, perder para o São Paulo em casa. A derrota por 1x0, com gol de Nenê na segunda etapa, aumentou a crise no Furacão e o afunda na zona de rebaixamento. O resultado deixa o Atlético na 17ª posição, e o São Paulo na vice-liderança do campeonato. Irritada pelo terceiro jogo seguido sem o rubro-negro pontuar, a torcida não perdoou o técnico Fernando Diniz. Antes mesmo do fim do jogo, protestoa foram ouvidos nas arquibancadas, exigindo a demissão do técnico.

Leia mais: Tite confirma volta de Neymar como titular, mas evita adiantar time

O jogo começou com o Atlético tendo que correr atrás da posse de bola, os primeiros minutos foram todos do São Paulo. O Tricolor paulista pressionou nos primeiros 20 minutos, mas sem levar perigo a meta do goleiro Santos. Com o time nervoso, as primeiras vaias começaram a ser ouvidas na Arena da Baixada. Após a pressão inicial dos paulistas, o Atlético chegou a equilibrar mais a posse de bola e criar oportunidades. Aos 28, Thiago Carleto cobra falta, a bola sai ao lado esquerdo da meta de Sidão, assustando o goleiro são-paulino. Do lado do São Paulo, apenas uma oportunidade clara de gol na primeira etapa, que saiu dos pés do atacante Éverton. Apesar da etapa inicial terminar equilibrada, os excessivos erros de passe do Furacão, e a falta de apetite ofensivo, fizeram a torcida protestar na saída para os vestiários, tendo principalmente o técnico Fernando Diniz principal alvo.

Confira análise de Gabriel Carriconde, do RIC MAIS ESPORTES, sobre o jogo:

 


Leia mais: Coritiba perde para o Avaí e segue sem vencer fora de casa

No segundo tempo, um jogo mais rápido, e o São Paulo mais perigoso. Logo aos cinco minutos, Santos salva o Atlético após cabeçada perigos de Diego Souza. O Rubro-negro ainda tentou criar alguma oportunidade, mas continuava errando passes na saída de bola. Em um desses erros, Camacho derruba Éverton na área. Penalti para o São Paulo, que Nêne converte. 1x0 para os visitantes. Apesar da pressão atleticana em campo, e nas arquibancadas, o resultado persistiu até o final, quebrando assim tabu que durava 36 anos sem perder para os paulistas em casa. Antes mesmo do árbitro terminar o jogo, a torcida vaiou o time e pediu a demissão do comandante Fernando Diniz e a efetivação de Thiago Nunes, técnico do sub-23 campeão paranaense no início do ano.

Leia mais: Conmenbol marca as datas dos jogos do Atlético na Sul-Americana

O próximo compromisso do Atlético será na próxima quarta-feira (13), diante do Botafogo, às 21h, no Estádio Engenhão, no Rio. O São Paulo recebe o Vitória, na terça-feira (12), às 21h30, no Morumbi.

 

 

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

  • Comentário via facebook
Leia também:

Quartas de final

Estádio do Café

comercial de TV