Olá
Logout

Libertadores: Atlético-PR devolve 2 a 1 no Flamengo e assume ponta do grupo

Autor: Estadão Conteúdo
O resultado sobre o Flamengo deixou o Atlético-PR com sete pontos após quatro partidas. (Foto: Fabio Wosniak e Marco Oliveira/Site Oficial Atlético Paranaense)

Duas semanas após perder para o Flamengo por 2 a 1 pela Libertadores, o Atlético Paranaense venceu, nessa quarta-feira (26), o clube carioca pelo mesmo placar e assumiu a liderança do Grupo 4 no torneio continental. Thiago Heleno e Felipe Gedoz marcaram para os donos da casa, e Willian Arão descontou.

O resultado deixou o Atlético-PR com sete pontos após quatro partidas. O Flamengo é o segundo colocado, com seis, seguido por Universidad Católica, com cinco, e San Lorenzo, com quatro. Na outra partida do grupo nesta rodada, o San Lorenzo venceu o Universidad Católica em casa por 2 a 1, na terça.

Jogando em casa, o Atlético-PR começou dominando o adversário. Não deixava o Flamengo passar do meio de campo e deu o primeiro chute a gol logo aos três minutos, quando Lucho González mandou por cima do gol de Muralha. Os paranaenses tiveram nova chance aos cinco, quando a zaga rubro-negra afastou, e aos sete, quando Nikão acertou a trave.

A pressão era semelhante àquela que fora imposta pelo Flamengo no Maracanã. Mas nesta quarta, o Atlético-PR perdeu o ímpeto após os 10 minutos e começou a dar chances ao adversário, que teve três oportunidades em quatro minutos: com Guerrero aos 10, Rômulo aos 11 e novamente o peruano aos 13.

O jogo, então, se tornou equilibrado, mas o Flamengo, mais organizado em campo, continuou evoluindo. O clube carioca começou a dominar a partida, devido à boa marcação sobre o meia Lucho González e à habilidade de Guerrero para superar seu marcador Thiago Heleno.

Mas justamente quando estava melhor em campo, aos 35 minutos o Flamengo tomou um gol: Thiago Heleno aproveitou cruzamento, subiu mais que Rafael Vaz e cabeceou, aparentemente tentando lançar a bola para o meio da área. Ela acabou seguindo rumo ao canto esquerdo de Muralha, que pulou tarde, não alcançou a bola e foi atrapalhado por Eduardo da Silva.

O segundo tempo começou equilibrado e assim seguiu até os 25 minutos, quando o técnico Zé Ricardo fez duas substituições para tentar levar o time rubro-negro ao ataque: trocou o volante Rômulo pelo atacante Leandro Damião e o lateral-esquerdo Renê pelo meia Matheus Sávio. O Flamengo voltou a dominar o jogo e ter chances seguidas. Uma delas foi aos 27, quando Matheus cruzou e Damião quase chegou a tempo de finalizar. A outra, um minuto depois, quando Damião cabeceou a bola na trave e na sobra Guerrero deu nova cabeçada - desta vez a bola foi defendida por Weverton.

Justamente quando era pressionado pelo Flamengo, o Atlético-PR conseguiu ampliar a vantagem, aproveitando um contra-ataque: Eduardo da Silva foi à linha de fundo e cruzou para o meio da área. Livre, Felipe Gedoz chutou sem chances para Muralha. Dois minutos depois o time visitante descontou: Mancuello cobrou escanteio e Arão aproveitou: 2 a 1.

O próximo jogo do Flamengo pela Libertadores será na quarta-feira que vem, contra a Universidad Católica, no Maracanã. Antes, no domingo, o time rubro-negro inicia a disputa pelo título do Campeonato Carioca contra o Fluminense. Já o Atlético-PR joga no domingo a primeira partida da final do Paranaense contra o Coritiba e na quarta-feira que vem enfrenta o San Lorenzo pela Libertadores.

Ficha técnica

Atlético-PR 2 x 1 Flamengo

ATLÉTICO-PR - Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rosseto (Wanderson), Lucho González (Felipe Gedoz), Nikão e Douglas Coutinho (João Pedro); Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori.

FLAMENGO - Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Renê (Matheus Sávio); Márcio Araújo (Mancuello), Rômulo (Leandro Damião), Willian Arão e Trauco; Paolo Guerrero e Gabriel. Técnico: Zé Ricardo.

GOLS - Thiago Heleno, aos 35 minutos do primeiro tempo. Felipe Gedóz, aos 42, e Willian Arão, aos 44 do segundo tempo.

ÁRBITRO - José Argote (Venezuela).

CARTÕES AMARELOS - Paolo Guerrero e Rafael Vaz (Flamengo) e Weverton (Atlético-PR).

PÚBLICO E RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

INOVADOR

Copa 2018

Milionários

Carregando