Olá
Logout

Atlético-PR perde para o Santos e vai para a lanterna do Brasileirão

Autor: Estadão Conteúdo
David Braz, do Santos, disputa lance com Grafite, do Atlético Paranaense, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2017, na Arena da Baixada (Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

O Santos aproveitou dois contra-ataques na etapa inicial e derrotou o Atlético Paranaense por 2 a 0 neste domingo (11), na Arena da Baixada, em Curitiba, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Kayke marcou os dois gols da partida.

O resultado manteve o bom momento do time alvinegro desde que Dorival Junior foi demitido. Assim como aconteceu na vitória por 1 a 0 sobre Botafogo na última rodada, quem comandou a equipe interinamente do banco de reservas foi o ex-jogador Elano. O novo treinador santista, Levir Culpi, assumirá o time nesta segunda-feira.

E encontrará a equipe na décima colocação, com nove pontos. Sua missão para a estreia, no entanto, promete ser complicada. Na quarta-feira, às 21h45, o Santos receberá o Palmeiras na Vila Belmiro - o time alviverde vem de vitória sobre o Fluminense por 3 a 1.

O Atlético-PR vive situação complicada. Os torcedores vaiaram os jogadores nos últimos minutos da partida e deixaram o estádio aos gritos de "time sem vergonha". A equipe paranaense caiu para a lanterna da competição, com apenas dois pontos conquistados. Na próxima rodada, enfrentará o Atlético Mineiro, na quarta-feira, às 19h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

No duelo deste domingo, o Atlético-PR começou melhor, mas foi surpreendido em um rápido contra-ataque do Santos aos 26 minutos. Bruno Henrique avançou pela direita e tocou para Thiago Maia, que viu Kayke livre no meio da área. O atacante desviou para abrir o marcador.

O time anfitrião não se incomodou com o gol e foi para cima. Sidcley finalizou com perigo. Na sequência, Nikão deixou Jean Mota e Copete para trás e bateu colocado. A bola desviou em Vitor Bueno e quase enganou o goleiro Vanderlei, que conseguiu se recuperar e fez a defesa.

Quando o Atlético estava mais próximo do empate, o Santos acertou novo contra-ataque e ampliou aos 35 minutos. Novamente Bruno Henrique arrancou, desta vez pelo lado esquerdo, e rolou para Kayke desviar para as redes.

Cinco minutos depois, o time da casa reclamou de um pênalti não assinalado. Pablo tentou finalizar e a bola tocou no braço de Lucas Veríssimo. O árbitro mandou o jogo seguir para indignação dos torcedores.

Na etapa final, a pressão dos anfitriões continuou, mas estava complicado de tirar o zero do placar. O Atlético-PR chegou a balançar as redes do adversário por duas vezes, mas ambas em impedimento.

Aos 12, Lucho González em posição irregular aproveitou cobrança de falta e desviou de cabeça para as redes. Pouco depois, Pablo desviou cobrança de escanteio e Grafite, impedido, marcou.

Na parte final da partida, o lateral-direito Daniel Guedes, que já tinha cartão amarelo, acabou sendo expulso ao demorar muito para fazer uma cobrança de falta. Entretanto, mesmo com um homem a menos em campo, o Santos segurou o resultado de 2 a 0 com tranquilidade.

FICHA TÉCNICA
Atlético-PR 0 X 2 Santos
Atlético-PR - Santos; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto (Éderson) e Lucho González; Nikão, Pablo (Felipe Gedoz) e Douglas Coutinho (Grafite). Técnico: Eduardo Baptista.
Santos - Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Thiago Maia (Alison), Renato e Vitor Bueno (Cléber); Bruno Henrique, Kayke (Leandro Donizete) e Copete. Técnico: Elano (interino).
Gols - Kayke, aos 26 e aos 35 minutos do primeiro tempo.
Árbitro - Marcelo de Lima Henrique (RJ).
Cartões amarelos - Paulo André (Atlético-PR) e Daniel Guedes (Santos).
Cartão vermelho - Daniel Guedes (Santos).
Renda e público - Não disponíveis.
Local - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Veja também
Paraná perde para o Guarani e fica próximo da zona de rebaixamento

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Granja Comary

25 anos

Rússia 2018

Carregando