Olá
Logout

Cães também podem ficar gripados; saiba como identificar e prevenir

Autor: Redação RIC Mais
O cachorro com tosse pode parecer que está engasgado (Foto: Google Imagens)

A Tosse dos Canis, tecnicamente chamada de Traqueobronquite Infecciosa Canina, nada mais é que uma gripe que acomete os cães. Diferentemente dos humanos, que ficam mais propícios a pegar resfriados no inverno, a gripe canina pode ocorrer em todas as estações do ano, é transmitida pelo ar ou por meio do contato direto com outros cães e contagia rapidamente animais de todas as idades. Por isso, a prevenção é importante para garantir a saúde do seu melhor amigo.

“O cachorro pode pegar a doença em um simples passeio de rotina, então é importante ficar atento aos sintomas: normalmente começam com uma tosse, seca, forte e persistente, que pode ser agravada após algum esforço físico, causando dificuldades respiratórias e ânsia de vômito. O animal pode parecer que está engasgado. Outros indícios podem ser febre, perda de apetite e apatia. Ao notar esses sinais, o recomendável é levar o cão ao veterinário”, explica Fabiana Avelar, Gerente de Produtos da Zoetis.

A prevenção da gripe canina vai desde cuidados em casa até vacinas. “O tutor deve tomar alguns cuidados como evitar deixar o cão em locais frios, mantê-lo em um ambiente coberto e sem correntes de vento, acomodá-lo em camas ou casas e, ainda, oferecer mantas. Além disso, é importante vaciná-lo”, conta Fabiana.

A BronchiGuard® é uma vacina injetável do laboratório Zoetis, que pode ser adotada nos programas vacinais. O cão pode ser protegido ainda filhote, a partir da 8ª semana de vida, sendo a primeira vacinação composta de duas doses, com intervalo de duas a quatro semanas. Essa proteção deve ser reforçada anualmente, em dose única. Monovalente, a vacina age contra o principal agente causador da gripe canina, a bactéria Bordetella bronchiseptica.

O mesmo laboratório tem ainda a vacina Bronchi-Shield III: que é intranasal e composta por três agentes envolvidos na gripe canina. Essa vacina dispensa o uso de agulhas e é ideal para a vacinação de filhotes. É indolor e uma alternativa excelente quando uma rápida proteção é necessária ao animal. Protege contra Adenovírus Canino Tipo 2, o vírus da Parainfluenza Canina e também da Bordetella bronchiseptica.

A vacinação precoce, a partir dos dois meses de idade, evita que o animal se contamine antes de ter contato com os agentes causadores da enfermidade. Mas é importante imunizar também os cães jovens e adultos, pois a vacinação é uma aliada importante para proteger o animal da gripe o ano todo. Em qualquer situação é recomendável consultar o médico veterinário para manter o cão saudável.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Fúria animal

EMOCIONANTE

Comportamento difícil!

Carregando