Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Loucura!

Bombeiro voluntário coloca fogo em duas casas e diz que estava 'entediado'

Ele é voluntário da Companhia de Bombeiros Voluntários da cidade de Munhall, há mais de um ano e o último dos incêndios ocorreu no dia 31/12

Autor: R7 com redação RIC Mais
Ryan já admitiu estar por trás de dois incêndios e a polícia suspeita de mais três (Foto: Montagem/R7)
Ryan já admitiu estar por trás de dois incêndios e a polícia suspeita de mais três (Foto: Montagem/R7)

Um trabalhador voluntário do Corpo de Bombeiros -que estava entediado porque não tinha o que fazer-, resolveu incendiar casas para dar um jeito no tédio. Ryan Laubham, um bombeiro de 19 anos, de Munhall, na Pensilvânia, é o suspeito de colocar fogo em cinco casas. 

Bombeiro coloca fogo em cinco casas para sair do tédio

 

Ryan já admitiu estar por trás de dois incêndios e a polícia suspeita de mais três. Ele é voluntário da Companhia de Bombeiros Voluntários da cidade de Munhall, há mais de um ano e o último dos incêndios ocorreu no dia 31/12 e deixou a cidade assustada, como contaram jornalistas locais. 

"Eu acordei às 3 da manhã e olhei para fora e havia quatro caminhões de bombeiros na rua", afirmou Eugene Pido, um morador local entrevistado pela rede ABC 13. Enquanto apagavam esse incêndio, a polícia começou a ter pistas do que poderia estar acontecendo.

Um morador local afirmou que viu um homem tentando incendiar a casa dele e as investigações começaram. Ao verem um vídeo de câmera de vigilância, as autoridades identificaram Ryan sem grandes problemas. Após um intenso interrogatório, ele admitiu que colocou fogo em duas casas.

Como as casas são de madeira, ele afirmou que usou apenas pedaços de papel para começar o incêndio na primeira casa. Na segunda casa ele disse que usou gasolina, para tornar tudo mais rápido. No interrogatório, ao ser questionado do motivo para fazer isso, ele surpreendeu a todos pela cara de pau. O acusado disse que "estava entediado".

"Estou perplexo, perplexo. Eu não sei por que alguém estaria entediado o suficiente para colocar fogo na casa de alguém", falou para a rede ABC 13 o chefe local dos bombeiros, Ed Pletsch. Ed afirma que conhece a família de Ryan e que ele nunca teve problemas antes. A fiança de Ryan não foi nada animadora: R$ 800.000. Ele deve ser julgado nesta quarta-feira (9).

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

  • Comentário via facebook