Curitiba

Semi-finais do Campeonato Paranaense acontecem no domingo de Páscoa

Os confrontos já estão definidos

As semi-finais do Campeonato Paranaense já estão definidas e aconteceram no domingo de Páscoa (Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

O Campeonato Paranaense, apesar do impasse com a Federação Paranaense de Futebol, está chegando ao fim. Na noite desta quarta-feira (12), dois jogos aconteceram pelas quartas de finais.

O Coritiba, que venceu o Cascavel por 4 a 0, no Couto Pereira, e garantiu um lugar na semi-final, ficou entre os quatro melhores da competição. No jogo de ida, o Coxa já tinha feito uma goleada, ganhando de 5 a 0 do FCC.

O Londrina também jogou pelo Paranaense e venceu o Rio Branco por 3 a 0 no jogo de volta, que aconteceu no Estádio do Café, garantindo sua classificação na semi-final.

O Tubarão enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, e o Coxa enfrenta o Cianorte no Estádio Albino Turbay, ambos no domingo de Páscoa (16).

Veja também:

Torcedores do Atlético e do Paraná fecham rua e trocam pedradas

Envie seu comentário

Comentários (0)

Torcedores do Atlético e do Paraná fecham rua e trocam pedradas

De dentro da RICTV, funcionários acompanharam a confusão e se assustaram com as bombas

Cerca de 50 pessoas participaram de uma briga entre torcidas na tarde deste domingo, no bairro Pilarzinho, em Curitiba. (Foto: Reprodução/RICTV)

Torcedores do Atlético Paranaense fecharam a rua Amauri Lange Silvério, no Pilarzinho, poucas horas antes do jogo deste domingo (9). Eles tacavam pedras e ameaçavam com barras de ferro torcedores do Paraná Clube.

De dentro da RICTV, funcionários acompanharam a confusão e se assustaram com as bombas. Um jovem foi agredido violentamente por torcedores do Atlético.

Tudo foi registrado por uma moradora do bairro. A briga só terminou com a chegada dos policiais. Cinco viaturas estiveram no local, algumas pessoas foram revistadas. Mas segundo a Polícia Militar, ninguém foi preso.

Já na entrada da Vila Capanema, onde o jogo entre os dois clubes aconteceu, nenhuma briga foi registrada. Dentro de campo, a partida terminou com confusão entre os jogadores.

O Furacão conseguiu a classificação para a semifinal do Campeonato Paranaense ao empatar por 0 a 0 com o Paraná no Durival Brito e avançou porque o primeiro jogo tinha sido 1 a 0 na Arena da Baixada.

Envie seu comentário

Comentários (0)

1,8 mil torcedores comparecem à volta de Bruno ao futebol

O público, ainda que baixo, é acima da média do time; goleiro não foi alvo de protestos

Bruno, que fez pênalti no empate em 1 a 1, não foi vaiado no seu retorno (Foto Thomas Santos, Agif, Estadão Conteúdo)

Bruno, que fez pênalti no empate em 1 a 1, não foi vaiado no seu retorno (Foto Thomas Santos, Agif, Estadão Conteúdo)

A volta do goleiro Bruno ao futebol terminou empatada. Neste sábado, na estreia do Boa no hexagonal final do Campeonato Mineiro, equivalente à segunda divisão estadual, o time de Varginha ficou no empate por 1 a 1 com o Uberaba, no estádio Melão. O goleiro cometeu o pênalti que rendeu ao time visitante o seu gol na partida.

Bruno não disputava uma partida há quase sete anos. E após pouco trabalhar no primeiro tempo, quando o Boa abriu o placar com o gol de Jean Henrique, aos 23 minutos, ele teve participação direta no placar do jogo. Afinal, aos oito minutos da etapa final, derrubou Bruno Henrique na grande área. O próprio jogador do Uberaba converteu a cobrança e empatou o jogo.

Em 2010, quando era um dos destaques do Flamengo, Bruno foi preso e depois condenado por assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio, sua amante, e por sequestro e cárcere privado de Bruninho, seu filho, o que lhe rendeu uma pena de 22 anos e 3 meses.

Porém, no final de fevereiro, Bruno foi colocado em liberdade por decisão de Marco Aurélio Mello, ministro do Superior Tribunal Federal, em decisão de caráter liminar, enquanto aguarda o julgamento do seu recurso contra a condenação. O goleiro, então, foi contratado em março pelo Boa, que além de disputar o Módulo II do Campeonato Mineiro, também vai participar da Série B do Campeonato Brasileiro.

A polêmica contratação de Bruno provocou a saída de vários patrocinadores do clube e também vários protestos em Varginha. Mas o goleiro também recebeu o carinho de torcedores, como também foi visto na tarde deste sábado no Melão, que recebeu 1.772 pessoas, um público baixo, mas bem acima da média do time nos seus últimos compromissos.

Assim, ele fez o seu retorno ao futebol após menos de um mês da sua apresentação oficial e início dos treinos. Neste sábado, Bruno não concedeu entrevistas antes do jogo, quando entrou em campo com algumas crianças, no intervalo e na saída do jogo, mas também não foi alvo de protestos dos torcedores, que até gritaram seu nome.

O Boa voltará a jogar na próxima quarta-feira, mas dessa vez fora de casa, diante do Patrocinense, pela segunda rodada do Módulo II do Campeonato Mineiro. Esse deverá ser, portanto, o primeiro jogo de Bruno como visitante nesse seu retorno ao futebol.

Envie seu comentário

Comentários (0)