Curitiba

Atletiba: conflitos, PM ferido e 5 presos

Imagens mostram uma briga no setor mauá, na torcida do Coritiba, onde torcedores partem para cima de seguranças do clube

Confrontos foram registrados em diversos terminais de Curitiba (Foto: Reprodução/Sindimoc)

Cinco pessoas foram presas, sendo quatro dentro do Estádio Couto Pereira e uma em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), durante o domingo (4). A Polícia Militar também registrou conflitos entre as torcidas rivais na capital e na RMC.

Um policial ficou levemente ferido no rosto depois de ser atingido por um objeto lançado da arquibancada e foi levado ao hospital.

Dos quatro presos dentro do estádio, três foram por desacato e um por porte de drogas. Eles assinaram um termo circunstanciado por serem crimes de menor potencial ofensivo.

Briga no estádio

Imagens mostram uma briga no setor mauá, na torcida do Coritiba, onde torcedores partem para cima de seguranças do clube. Um grupo tenta conter os agressores, que chegam a derrubar o segurança na arquibancada. Por meio da assessoria de imprensa, o Coritiba disse que não vai se manifestar sobre o caso.

Assista ao vídeo cedido por Arineu Kutzek:

Ônibus

Durante todo o dia foram registrados tumultos em ônibus nos bairros Pinheirinho, Capão Raso, Cabral e Barreirinha. No vídeo abaixo, torcedores do Coritiba tentam entrar em uma biarticulado no terminal do Cabral.

 

Ônibus foram destruídos durante confrontos enre as torcidas (Foto: Sindimoc)

Cobrador ficou ferido em uma das confusões (Foto: Sindimoc)

Leia mais:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Atlético-PR vence Coritiba e se isola na liderança do Grupo B

Gol marcado por Éderson deu vitória ao Furacão, que mantém invencibilidade no Campeonato Paranaense e se aproxima de classificação

Éderson marcou o gol da vitória do Atlético-PR no clássico paranaense (Foto: Divulgação/Miguel Locatelli/Divulgação)

*Do R7

O Atlético Paranaense foi ao Couto Pereira para encarar o Coritiba e vencer por 1 a 0 o Atletiba na tarde deste domingo (4), em Curitiba, pela 4ª rodada do Campeonato Paranaense. O gol da partida foi marcado pelo atacante Éderson.

Com o resultado, o Furacão chega a dez pontos e se isola ainda mais na liderança do Grupo B do Estadual. O Coxa, por sua vez, segue com cinco pontos, na quarta posição do Grupo A, e, por enquanto, fica de fora da zona de classificação às semifinais da competição.

As duas equipes fizeram boa primeira etapa, com chances claras de gol para os dois lados. Apenas no segundo tempo, aos dez minutos, o Atlético abriu o placar. João Pedro cobrou falta e, na segunda trave, Éderson apareceu para cabecear e abrir o placar do Couto Pereira.

Leia também: 

Envie seu comentário

Comentários (0)

PM se reúne com organizadas e divulga esquema de segurança do Atletiba

Partida acontece no domingo (5), às 17 horas, no Estádio Couto Pereira, pelo Campeonato Paranaense

Torcedores terão restrição para uso de horário de ônibus com a camisa do time (Foto: Guilherme Rivaroli)

A Polícia Militar se reuniu na manhã desta segunda-feira (29) com representantes das torcidas organizadas de Coritiba e Atlético para divulgar o esquema de segurança para o clássico do próximo domingo (5), às 17 horas, no Estádio Couto Pereira, pelo Campeonato Paranaense.

Durante a reunião ficou definido que os torcedores do Atlético usem o transporte coletivo até a uma da tarde no dia da partida.

Já os torcedores do Coritiba, mandante da partida, devem usar o transporte público a partir das duas da tarde.

As duas torcidas estão proibidas de usar camisas de organizadas dentro dos ônibus. A torcida atleticana também está proibida de usar qualquer identificação das organizadas dentro do estádio.

A torcida rubro-negra téra direito a 4 mil ingressos. Um esquema especial de escolta será feito a partir das duas e meia da tarde, quando ônibus da URBS serão escoltados da Arena até o Couto Pereira. Para ter acesso ao coletivo, basta apresentar o ingresso e a passagem será de graca.

Não será permitida a entrada com mastros de bandeiras e sinalizadores.

Leia mais:

 

Envie seu comentário

Comentários (0)