Curitiba

Jogador leva cartão por homenagem ao irmão vítima de tragédia da Chape

Guilherme Biteco, do Paraná Clube, recebeu cartão amarelo por tirar a camisa do clube durante a comemoração de um gol

Jogador do Paraná Clube recebe cartão amarelo por homenagear irmão vítima de tragédia da Chapecoense (Foto: Reprodução Instagram)

A partida entre o Paraná Clube e o Vitória, na noite desta quinta-feira (13), significou muito para um jogador do tricolor paranaense. O meia Guilherme Biteco, que perdeu o irmão na tragédia com a delegação da Chapecoense, enfim balançou as redes e conseguiu fazer uma homenagem.

Porém, ao levantar a camisa com as fotos do seu irmão, o jogador Matheus Biteco, o meia acabou levando um cartão amarelo. Guilherme marcou o gol aos 43 minutos do segundo tempo e publicou a imagem abaixo nas redes sociais sobre o momento:

 


Quem não gostou muito da atitude foi o jornalista Rafael Henzel, um dos sobreviventes da tragédia, que manifestou o descontentamento pelas redes sociais. “Regra é regra. Mas Guilherme Biteco receber amarelo no gol do Paraná Clube por mostrar a camisa em homenagem ao irmão morto em 29/11 é brabo”.

A partida aconteceu no jogo de ida pelas quartas de finais da Copa do Brasil, no estádio do Barradão.

Veja também:

Famílias de vítimas da Chapecoense recusam acordo com LaMia

Envie seu comentário

Comentários (0)

Semi-finais do Campeonato Paranaense acontecem no domingo de Páscoa

Os confrontos já estão definidos

As semi-finais do Campeonato Paranaense já estão definidas e aconteceram no domingo de Páscoa (Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

O Campeonato Paranaense, apesar do impasse com a Federação Paranaense de Futebol, está chegando ao fim. Na noite desta quarta-feira (12), dois jogos aconteceram pelas quartas de finais.

O Coritiba, que venceu o Cascavel por 4 a 0, no Couto Pereira, e garantiu um lugar na semi-final, ficou entre os quatro melhores da competição. No jogo de ida, o Coxa já tinha feito uma goleada, ganhando de 5 a 0 do FCC.

O Londrina também jogou pelo Paranaense e venceu o Rio Branco por 3 a 0 no jogo de volta, que aconteceu no Estádio do Café, garantindo sua classificação na semi-final.

O Tubarão enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, e o Coxa enfrenta o Cianorte no Estádio Albino Turbay, ambos no domingo de Páscoa (16).

Veja também:

Torcedores do Atlético e do Paraná fecham rua e trocam pedradas

Envie seu comentário

Comentários (0)

Torcedores do Atlético e do Paraná fecham rua e trocam pedradas

De dentro da RICTV, funcionários acompanharam a confusão e se assustaram com as bombas

Cerca de 50 pessoas participaram de uma briga entre torcidas na tarde deste domingo, no bairro Pilarzinho, em Curitiba. (Foto: Reprodução/RICTV)

Torcedores do Atlético Paranaense fecharam a rua Amauri Lange Silvério, no Pilarzinho, poucas horas antes do jogo deste domingo (9). Eles tacavam pedras e ameaçavam com barras de ferro torcedores do Paraná Clube.

De dentro da RICTV, funcionários acompanharam a confusão e se assustaram com as bombas. Um jovem foi agredido violentamente por torcedores do Atlético.

Tudo foi registrado por uma moradora do bairro. A briga só terminou com a chegada dos policiais. Cinco viaturas estiveram no local, algumas pessoas foram revistadas. Mas segundo a Polícia Militar, ninguém foi preso.

Já na entrada da Vila Capanema, onde o jogo entre os dois clubes aconteceu, nenhuma briga foi registrada. Dentro de campo, a partida terminou com confusão entre os jogadores.

O Furacão conseguiu a classificação para a semifinal do Campeonato Paranaense ao empatar por 0 a 0 com o Paraná no Durival Brito e avançou porque o primeiro jogo tinha sido 1 a 0 na Arena da Baixada.

Envie seu comentário

Comentários (0)