Curitiba

Grêmio vence o Flamengo em noite marcada por vitórias dos visitantes

Confira os destaque dos jogos dessa quinta-feira (13), com Marcelo Batata, o novo colunista esportivo do Portal RIC Mais

No Rio de Janeiro, o Grêmio venceu o Flamengo pelo placar de 1 a 0 (Foto: Reprodução/gremio.net)

*Por Marcelo Batata

Vitória maiúscula - no acanhado estádio Luso-Brasileiro, onde até então o Flamengo estava invicto no Campeonato Brasileiro, o Grêmio obteve uma excelente vitória na noite desta quinta-feira. Diante de um impetuoso Flamengo, o Grêmio aproveitou uma das únicas oportunidades claras da partida e, em gol de Luan, recolocou-se novamente na segunda posição do campeonato; agora dez pontos distantes do invicto Corinthians. Em uma partida muito difícil, o tricolor gaúcho soube sofrer e aguentar a pressão da torcida no pequeno estádio da Ilha do Governador. O time comandado por Renato Portaluppi mostrou nesta partida uma faceta diferente das partidas anteriores, sendo um Grêmio mais charrua, mais copeiro, aguentando a forte pressão imposta pelo time carioca.

Jogo da rodada - o clássico Palmeiras e Corinthians era o grande jogo e o mais esperado desta rodada, com interesse de muitos times à espera de um tropeço do time comandado por Carille. Mas não foi desta vez que o timão foi derrotado. Em uma atuação cirúrgica e com grande destaque ao excelente lateral Guilherme Arana, o Coringão venceu e tirou a invencibilidade do Palmeiras, que não perdia no Allianz Parque desde julho de 2016. O Corinthians faz uma campanha inacreditável, com 90% de aproveitamento e uma eficiência até hoje não vista no campeonato de pontos corridos,passados cerca de um terço do campeonato.

Festa dos visitantes - a décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro foi atípica em relação ao número de vitória dos visitantes. Das 20 partidas da rodada, foram 8 vitórias dos visitantes, 1 empate indigesto do São Paulo contra o Atlético Goianiense e somente o Sport Recife de Luxemburgo confirmou vitória em casa, diante da Chapecoense. Aliás, os números acumulados até o momento no campeonato, mostram um volume acima da média de vitória dos visitantes.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Atlético-PR é derrotado pelo Cruzeiro na Arena da Baixada; torcida protesta

Este é o quinto jogo seguido que o Furacão não consegue vencer

O Cruzeiro garantiu a vitória aos 40 minutos, quando Thiago Neves recebeu pela esquerda e chutou forte. Weverton defendeu e a bola sobrou para Rafael Marques marcar (Foto: Marco Oliveira/Atlético-PR)

O Atlético-PR foi derrotado por 2 a 0 pelo Cruzeiro, na Arena da Baixada, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira (12). Este foi o quinto jogo seguido que o Furacão não conseguiu vencer. A derrota gerou protestos nas arquibancadas.

Aos 12 minutos o volante Lucas Silva mandou uma bomba do meio da rua e a bola explodiu na trave atleticana. Como resposta, um minuto depois, após uma cobrança de escanteio, a bola sobrou para Nikão, que arriscou de fora da área.

Thiago Neves tocou na esquerda para Alisson, que invadiu a área e tocou para Lucas Romero, que bateu de primeira, no canto direito aos 27 minutos.  O Furacão voltou a ter uma boa chance no final do primeiro tempo, quando Ederson recebeu na esquerda e cruzou a meia altura para Sidcley. O atleticano tentou o corta-luz, mas a bola foi para fora.

O Rubro-Negro ainda teve mais uma chance aos 46 minutos, quando Nikão recebeu pela direita e cruzou rápido no segundo pau. Sidcley tentou de cabeça, mas a bola saiu por cima do gol.

No segundo tempo o Furacão voltou com Matheus Anjos no lugar de Ederson, e aos cinco minutos Matheus recebeu de Eduardo da Silva e arriscou de fora da área, mas o goleiro Fábio defendeu. Aos 27 minutos, Cascardo entrou no lugar de Nicolas e dois minutos depois, tocou para Nikão, que chutou rasteiro da entrada da área, nas mãos do goleiro Fábio.

O Cruzeiro garantiu a vitória aos 40 minutos, quando Thiago Neves recebeu pela esquerda e chutou forte. Weverton defendeu e a bola sobrou para Rafael Marques marcar.

Assista aos lances:

Ficha técnica

Local: Estádio Atlético Paranaense, em Curitiba

Árbitro: Braulio da Silva Machado; Assistentes: Carlos Berkenbrock e Neuza Ines Back; Quarto árbitro: Henrique Neu Ribeiro 

Assistentes adicionais: William Machado Steffen - SC [CBF] e Evandro Tiago Bender - SC [CBF]

Público pagante: 13.897

Público total: 15.984

Renda: R$ 212.070,00

Atlético Paranaense: Weverton; Jonathan (Yago, aos 39’ do 2º tempo), Wanderson, Thiago Heleno e Nicolas (Cascardo, aos 27’ do 2º tempo); Otávio e Eduardo Henrique; Nikão, Eduardo da Silva e Sidcley; Ederson (Matheus Anjos, no intervalo)
Técnico: Kelly
Cartões amarelos: Thiago Heleno (38’ do 1° tempo), Matheus Anjos (35’ do 2º tempo) e Otávio (49’ do 2º tempo)

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique e Lucas Silva (Nonoca, aos 33’ do 2º tempo); Thiago Neves, Elber (Rafael Marques, aos 37’ do 2º tempo) e Alisson; Rafael Sóbis (Sassá, aos 26’ do 2º tempo)
Técnico: Mano Menezes
Cartão amarelo: Henrique (23’ do 1º tempo)
Gol: Lucas Romero, aos 27’ do 1º tempo, e Rafael Marques, aos 40’ do 2º tempo.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Londrina vence ABC em casa e chega mais perto do G4

Após vencer o ABC o Londrina chegou a sétima colocação do Campeonato Brasileiro e está a quatro pontos da zona de classificação

Wellisson comemora o gol que deu início à virada (Foto: Gustavo Oliveira /LEC)

O Londrina venceu o ABC na noite desta terça-feira (11) por 3 a 1 pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Tubarão está em sétimo colocado da competição, a quatro pontos da zona de classificação.  

Aos 12 minutos do primeiro tempo, Gegê cobrou falta para o ABC na ponta direita. A bola foi levantada na área e, depois do desvio do goleiro londrinense César, Lucas Coelho apareceu na pequena área para abrir o placar para os visitantes. O Londrina chegou ao empate aos 21 minutos de jogo, quando Reginaldo recebeu na lateral-direta e tocou para Jonatas Belusso, que carregou quase até a linha de fundo antes de cruzar para Wellisson completar de primeira com o pé esquerdo para empatar.

A virada veio oito minutos depois, quando Reginaldo passou para Jardel acionar Belusso. Desta vez, o atacante partiu para a jogada individual para superar a marcação do zagueiro Filipe, do ABC. Em seguida, tocou para o meio-campo Celsinho, livre de marcação na pequena área, empurrar para o gol.

Reginaldo marcou o tercerio gol aos 33 minutos. A zaga londrinense desarmou o ataque da equipe visitante. Ainda no campo de defesa, o lateral saiu em velocidade rumo à área do ABC. Tocou na saída do goleiro antes comemorar o gol com uma homenagem para a esposa, grávida de três meses.

FICHA TÉCNICA

11 de julho de 2017, terça-feira 
LONDRINA 3 x 1 ABC 
Campeonato Brasileiro da Série B 2017 – 13ª rodada
Local: Estádio do Café, em Londrina
Árbitro: Celio Amorim - SC (CBF); Assistente 1: José Roberto Larroyd - SC (CBF); Assistente 2: Thiaggo Americano Labes - SC (CBF); Quarto Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior - PR (CBF); Analista de Campo: Faustino Vicente Lopes - PR (CBF)
Público pagante: 4.521
Público livre: 528
Público total: 5.049
Renda: R$ 41.681,00
Cartões amarelos: Jumar (LEC), aos 11 min do 1°T; Silvio (LEC), aos 26 min do 1°T; Marcio Passos (ABC), aos 07 min do 2°T; Ayrton (LEC), aos 21 min do 2°T; Echeverria (ABC), aos 23 min do 2°T; Anderson Pedra (ABC), aos 25 min do 2°T
Gols:  ABC  - Lucas Coelho , aos 12 min do 1ºT (LEC 0x1 ABC ); LONDRINA - Wellisson, aos 21min do 1°T (LEC 1x1 ABC); Celsinho, aos 29 min do 1°T (LEC 2x1 ABC); Reginaldo, aos 33 min do 1°T (LEC 3x1 ABC)
 

LONDRINA
01- César 
02- Reginaldo
03- Matheus Borges
04- Silvio (13-Marcondes, aos 36min do 2°T)
05- Jumar 
06- Ayrton
07- Artur
08- Jardel 
09- Jonatas Belusso
10-  Celsinho (20- Fabinho, aos 30 min do 2°T) 
11-  Wellisson(16-Romulo, aos 14 min do 2°T) 

Técnico: Cláudio Tencati
Suplentes que não participaram da partida: 12- Alan, 14- Lucas Ramon, 15- Igor Miranda, 17- Bidía, 18- Rafael Gava, 19-Marcinho, 21- Elton, 22-Victor Golas, 23- Carlos Henrique.
 

ABC 
01- Edson 
02- Filipe (18- Dalberto, aos 32min do 2°T)
03- Oswaldo
04- Cleiton 
05- Anderson Pedra
06- Eltinho (17-Echeverria, aos 18min do 2°T)
07- Jonathan Bocão  
08- Marcio Passos
09- Nando 
10-  Gege (16-Erivelton, aos 18min do 2°T)
11- Lucas Coelho 

Técnico: Geninho
Suplentes que não participaram da partida: 12- Beliato, 13- Ares, 14- Leo Fortunato, 15- Marquinhos, 19- Caio Mancha, 20- Zotti.

Envie seu comentário

Comentários (0)