Curitiba

Brasil fica apenas no empate e sequência de Tite chega ao fim

Seleção parou na Colômbia pelas Eliminatórias para Copa de 2018

Willian marcou gol do Brasil contra seleção colombiana pelas eliminatórias. (Foto: Pedro Martins/Mowa Press)

*do R7

Os 100% de aproveitamento de Tite no comando da seleção brasileira em jogos oficiais chegou ao fim. Nesta terça-feira (5), o Brasil encarou a Colômbia, em Barranquilla, e ficou no empate por 1 a 1. Apesar da queda no aproveitamento, o comandante segue invicto e com excelente campanha nas Eliminatórias.

Quem saiu na frente do placar foi o Brasil. No fim do primeiro tempo, Neymar ajeitou para Willian acertar um lindo chute, no ângulo, sem chance de defesa para o goleiro Ospina.

O empate da equipe colombiana saiu na etapa final. Aos 11, Falcao García acertou cabeçada certeira, após cruzamento do lado direito do campo, dando números finais ao confronto.

Com o resultado, o Brasil, que já até garantiu o "título" das Eliminatórias, chega a 37 pontos. A Colômbia agora tem 26 e está mais próximo da sua vaga na Copa.

As Eliminatórias voltam a parar e só retornam no começo de outubro, com as duas últimas rodadas. Na próxima, a seleção comandada por Tite terá pela frente a Bolívia, fora de casa, enquanto que os colombianos encaram o Paraguai, jogando diante de seu torcedor.

Outros jogos
Duas outras partidas das Eliminatórias Sul-Americanas também chegaram ao fim. No Equador, os donos da casa foram surpreendidos pelo Peru, que fez 2 a 1 e entrou na zona de classificação.

Na Bolívia, o Chile tropeçou, perdeu por 2 a 0 e se complicou na luta por uma vaga no Mundial do ano que vem.

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Garoto de Curitiba viraliza na internet com mensagens para jogadores

Ele mandou mensagens pelo Instagram para Neymar, Messi e Ronaldinho Gaúcho

Irmã de garoto reproduziu as mensagens em seu Twitter e deu início à campanha. (Imagem: Reprodução)

Um menino de Curitiba (PR), de apenas 8 anos, viralizou nos últimos dias nas redes sociais, devido a mensagens encaminhadas para seus ídolos Neymar, Messi e Ronaldinho Gaúcho. Após sua irmã compartilhar os textos do garoto, iniciou-se uma campanha para que ele consiga conhecer seus ídolos.

Gustavo Vinicius mandou directs pelo Instagram (mensagens privadas que o usuário consegue encaminhar pelo aplicativo) e ganhou notoriedade após sua irmã, Stefany Caroline, reproduzir as mensagens em seu Twitter. Ela disse que achou bonitinha a iniciativa do garoto, que sonha em ser, futuramente, um jogador de futebol.

Com o sucesso das suas postagens, Gustavo acabou ganhando mais de mil seguidores no Instagram, que endossaram a campanha para que ele possa conhecer os jogadores. Segundo Stefany, o menino está adorando toda a situação e tem esperança de que a historia chegue até Neymar, que é o grande ídolo do garoto.

Leia também:

 

Envie seu comentário

Comentários (0)

Brasil joga hoje contra a Colômbia defendendo sequência de nove vitórias

Em 12 eliminatórias que disputou, incluindo a qualificação para chegar à Rússia, o Brasil fez 105 jogos, conquistando 65 vitórias, 28 empates e 12 derrotas

Das eliminatórias de 1954 até 1990, o Brasil não perdeu um jogo sequer. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

*Da Agência Brasil/Eurico Tavares

Além de ter garantido o primeiro lugar entre as seleções da América do Sul que vão disputar a Copa da Rússia em 2018, a Seleção Brasileira de Futebol já conseguiu o maior número de vitórias consecutivas em participações nas eliminatórias de copas do Mundo da sua história, graças ao desempenho alcançado pelo time do técnico Tite. Quando entrar em campo nesta terça-feira (5), às 17h30 (horário de Brasília), em Barranquilla, contra a Colômbia, os canarinhos vão colocar em jogo uma sequência de nove vitórias, feito que supera até mesmo os resultados da seleção campeã de 1970.

A seleção de Pelé, Rivelino, Tostão e Gérson conseguiu chegar à Copa do Mundo do México, em 1970, com seis vitórias de seis possíveis. Na época, a eliminatória sul-americana era dividida em grupos, o que mudou somente a partir de 1998, quando os países passaram a formar um único grupo, jogando entre si em partidas de ida e volta. A seleção que foi para a Copa de 1954 também teve aproveitamento total, vencendo os quatro jogos da eliminatória. A seleção de Neymar, Gabriel Jesus, Philippe Coutinho e Paulinho não pode mais conseguir desempenho de 100% por haver perdido no jogo de estreia nas eliminatórias para o Chile por 1 a 0 e empatado em três partidas.

A seleção que disputa as eliminatórias para a Copa da Rússia tem outros recordes a comemorar. Somando as nove vitórias da fase Tite com as duas da fase Dunga, foram 11 conquistas, desempenho que supera os resultados brasileiros em outras eliminatórias. Nas disputas para as copas de 2002, ano do penta; 2006 e 2010, a seleção conseguiu nove vitórias no total. E a contribuição da fase Dunga nem foi tão relevante: quando Tite assumiu, o Brasil tinha maus resultados e estava fora da zona de classificação para a Copa da Rússia, amargando a sexta posição.

Em 12 eliminatórias que disputou, incluindo a qualificação para chegar à Rússia, o Brasil fez 105 jogos, conquistando 65 vitórias, 28 empates e 12 derrotas, restando ainda três partidas para completar a participação atual. Das eliminatórias de 1954 até 1990, o Brasil não perdeu um jogo sequer. Foram 29 disputas, incluindo o primeiro jogo para a Copa de 94, sem saber o que era uma derrota. O primeiro revés ocorreu em 25 de julho de 1993 nas eliminatórias para a Copa de 1994, quando a seleção perdeu para a Bolívia, em La Paz, por 2x0. Todas as derrotas foram fora de casa.

 

Envie seu comentário

Comentários (0)