Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

comercial de TV

Neymar tem que ter vergonha desse seu pedido de desculpas

Retratação do craque da seleção saiu da pior maneira possível e não conseguiu convencer ninguém

Autor: R7
Num comercial de TV superproduzido, bancado pela Gillette, Neymar “refletiu” sobre tudo o que aconteceu. (Foto: Anish Morarji/Wikipedia)
Num comercial de TV superproduzido, bancado pela Gillette, Neymar “refletiu” sobre tudo o que aconteceu. (Foto: Anish Morarji/Wikipedia)

O jogador da seleção finalmente se pronunciou após virar piada mundial durante a Copa do Mundo da Rússia. E, bem, fez isso da pior maneira possível.

É inacreditável que um atleta do porte de Neymar consiga ser tão mal assessorado assim. Num comercial de TV superproduzido, bancado pela Gillette, o jogador “refletiu” sobre tudo o que aconteceu, sobre as críticas que recebeu, sobre seus erros etc.

Bom, na verdade, ele mesmo não refletiu nada. O que vimos ali foi um texto muito bem escrito por algum publicitário e Neymar só teve o trabalho de ler. O resultado ficou aquém do esperado. O jogador foi altamente criticado por todo mundo: de fãs do futebol a jornalistas. Não conseguiu convencer em momento algum.

É mais do que óbvio que Neymar deveria se pronunciar e, mais do que isso, deveria pedir desculpas. Afinal, suas atitudes na Copa foram as piores possíveis. E não foi só o cai-cai, mas também a decisão de não falar com a imprensa, o fato de ter muitos privilégios na seleção, seu favorecimento explícito por parte da Globo e por aí afora. Ele tinha que se desculpar, mas escolheu a pior maneira possível.

Claro que Neymar foi pressionado a se retratar por seus patrocinadores. Até vem daí a forma como seu pedido de desculpas saiu. Mas esse assunto não poderia ter sido tratado assim. Possivelmente, de todas as maneiras que o craque poderia escolher, essa tenha sido a pior delas. É que tudo soou falso demais, produzido demais e não demonstrou nenhuma espontaneidade.

Leia também: Terceira opção, Cuca é anunciado pelo Santos e assina até dezembro de 2019

O texto das desculpas foi lido pelo jogador enquanto imagens dele iam surgindo. Quer dizer, ele próprio não apareceu na tela durante a “conversa” com o espectador. Quer dizer, ficou mais uma vez o moço falando, mas sem dar a cara a tapa. Ele não conseguiu uma vez mais olhar no olho das pessoas, mesmo que isso tivesse de ser feito através da TV.

E aí vem a pergunta: Neymar, com todo o dinheiro que tem, não consegue alguém para guiar corretamente sua carreira e sua imagem pessoal? Até porque, se o jogador for seguir seu pai, está mesmo perdido, né?

Alguém teria que dizer para Neymar que sua retratação pública não poderia ser feito através de um comercial de TV em horário nobre. Tinha que ter rolado numa entrevista, numa conversa em algum programa de TV, algo do tipo. Numa conversa, mostrando o rosto, o craque da seleção poderia trazer a simpatia das pessoas para si. Não ficaria algo impessoal, distante, longe das pessoas. Ele poderia sorrir, chorar, enfim, fazer a coisa toda, e até manter sua encenação. Afinal ele é ótimo para dar uma choradinha em frente às câmeras. Poderia até já ter um texto meio decorado previamente, já com dicas ditas por alguém. Seria mais espontâneo, honesto, digno.

Neymar errou de novo, e acabou gerando até mais antipatia do que antes. Precisa trabalhar melhor isso aí, meninão.

Gostou da matéria? Avalie abaixo!

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook