Curitiba

Inscrições para o Fies 2018 começam em 19 de fevereiro

Serão oferecidas 310 mil vagas neste ano; programa terá modalidades de acordo com renda familiar do candidato

Serão oferecidas 310 mil vagas neste ano; programa terá modalidades de acordo com renda familiar do candidato (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

*Do r7

As inscrições para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) referentes o primeiro semestre de 2018 estarão abertas entre 19 e 23 de fevereiro. O Novo Fies divide o programa em diferentes modalidades, conforme a renda familiar do candidato.

São 310 mil novas vagas para 2018. Na primeira modalidade, serão ofertadas 100 mil vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Candidatos incluídos nessa situação começarão a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda; dessa forma, os encargos diminuem consideravelmente.

As outras duas modalidades de financiamento são para estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos. Para atender a essa parcela de candidatos, o Novo Fies terá recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

— O estudante passará a conhecer o valor integral do curso a ser financiado durante a assinatura do contrato. Isso melhora as condições de financiamento para o candidato, e essa transparência também vai ajudá-lo a escolher melhor o curso e a instituição, afirma o diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do Ministério da Educação, Vicente Almeida.

Inscrições

Para poder concorrer a uma vaga, o candidato deverá cumprir por antecipação os seguintes requisitos: ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e não ter zerado a redação.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site do Fies Seleção. Em caso de pré-seleção em uma das vagas disponíveis para financiamento, o estudante deverá complementar informações da sua inscrição e, posteriormente, fechar a contratação do financiamento.

Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do Fies. Também poderão participar do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC. Durante o curso, o estudante deve ter rendimento para ser aprovado em todas as matérias.

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Universidades públicas registram mais de 2 milhões de inscritos pelo Sisu

O total de inscrições chegou a 4,12 milhões, pois cada participante pode fazer até duas de curso. Os números são menores que no ano passado.

Número de inscritos foi menor do que em 2017. (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

*Da Agência Brasil

A primeira edição de 2018 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) teve 2,11 milhões de estudantes inscritos. O total de inscrições chegou a 4,12 milhões, pois cada participante pode fazer até duas opções de curso.

Os números são menores que no ano passado, quando foram registrados 2,49 milhões de inscritos e 4,88 milhões de inscrições. No entanto, o número de vagas de graduação oferecidas neste ano em universidades públicas por meio do Sisu registrou um recorde, com 239,3 mil vagas em 130 instituições.

Do total de vagas ofertadas, 103,9 mil foram destinadas para a Lei de Cotas e 17,3 mil para as ações afirmativas próprias das instituições de ensino superior. Do total de inscritos, 58,2% são do sexo feminino e 41,8%, do masculino.

Instituições

Das 130 instituições que participam do Sisu, 30 são instituições públicas estaduais (um centro universitário, sete faculdades e 22 universidades) e 100 são públicas federais: dois centros de educação tecnológica, uma faculdade, 61 universidades e 36 institutos federais de educação, ciência e tecnologia.

Os cursos com os maiores números de inscrições em todo o país foram medicina (235.508), administração (221.413) e direito (218.470).

O estado com o maior número de inscritos foi Minas Gerais (538.530), com 30.336 vagas. O Rio de Janeiro aparece na sequência, com 332.497 inscritos e 16.762 vagas. A Universidade Federal de Minas Gerias (UFMG) ficou no topo das instituições de ensino, com 155.386 inscrições, seguida pela Universidade Federal do Ceará (UFCE), com 145.638 inscrições.

O Sisu é o ambiente virtual criado pelo MEC para selecionar estudantes para vagas em instituições públicas de educação superior com base nas notas registradas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Podem concorrer todos os que fizeram as provas de 2017 do Enem e obtiveram nota acima de zero na redação.

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Prazo para inscrição no ProUni termina nesta sexta-feira

Candidatos com renda per capita de até 1,5 (R$ 1.431) salário mínimo podem concorrer à bolsa de estudos integral

Candidatos precisam ter prestado o Enem 2017. (Foto: Arquivo/Agência Brasil)

Os estudantes interessados em obter uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até as 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira (9) para fazer sua inscrição na página do programa na internet.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Podem concorrer brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2017 e não tenham zerado a prova de redação.

É necessário, ainda, que o candidato atenda a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

A bolsa integral é oferecida a candidatos com renda per capita mensal de até 1,5 salário mínimo e a bolsa parcial para candidatos cuja renda familiar mensal seja de até três salários mínimos.

O processo seletivo é composto por duas chamadas sucessivas. O resultado com a lista dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada deve ser divulgado no dia 14 deste mês. A divulgação do resultado da segunda chamada está prevista para 2 de março.

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)