Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Ano-base 2017

PIS: nascidos em maio e junho começam a receber abono nesta quinta-feira

Abono salarial no valor de R$ 998 é válido para os profissionais que tenham trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias em 2017

Autor: R7 com redação RIC Mais
Em todo o país, agências da Caixa Econômica Federal farão o pagamento do PIS/Pasep a milhares de trabalhadores. Foto: José Cruz/Agência Brasil.jpg
Em todo o país, agências da Caixa Econômica Federal farão o pagamento do PIS/Pasep a milhares de trabalhadores. Foto: José Cruz/Agência Brasil.jpg

Os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em maio e junho receberão nesta quinta-feira (14) o lote do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) referente ao ano-base de 2017.

PIS: ano base de 2017

Aqueles que possuem conta individual na Caixa Econômica Federal com saldo acima de R$ 1 e movimentação começaram a receber o crédito antecipado do PIS já na terça-feira (12).

Os pagamentos, que tiveram início em julho de 2018, são realizados de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Os recursos de todos os beneficiários ficam disponíveis até 28 de junho de 2019.

(Arte: R7)

Governo sugere fim do abono salarial do PIS

Para ter direito ao benefício, o trabalhador deve ser inscrito no PIS (trabalhador da iniciativa privada) há, no mínimo, cinco anos e ter trabalhado formalmente por ao menos um mês em 2017, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Os valores que os beneficiários têm direito a sacar variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com o número de meses trabalhados formalmente no ano de 2017. Se o trabalhador recebeu comissão ou horas extras e ultrapassou dois pisos nacionais com a renda mensal, o abono não é liberado.

Para os servidores públicos, o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) será disponibilizado também nesta quinta-feira aos profissionais com benefícios que têm número final 8 e 9.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook