Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Mais Investimentos

Servidores no INSS paralisam atendimentos para reivindicar melhorias

Entre as principais solicitações da paralisação do INSS estão reposição salarial, um novo concurso público, plano de carreira e melhorias nas condições de trabalho

Autor: Redação RIC Mais
A paralisação do INSS foi decidida durante uma plenária da categoria. (Foto: Reprodução/RICTV)
A paralisação do INSS foi decidida durante uma plenária da categoria. (Foto: Reprodução/RICTV)

Algumas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) interromperam seu funcionamento nesta quinta-feira (9) para reivindicar melhorias para a categoria, assim como para àqueles que dependem o serviço. De acordo o diretor do SindPrevs/PR, Altamir Cardoso, a paralisação no INSS pretendente conscientizar o governo sobre os investimentos necessários no setor.   

Posição do sindicato sobre a paralisação do INSS

“Nós estamos começando um trabalho de conscientização em um dia só de paralisação. Já faz mais de dois anos que nós tivemos a última greve, que a gente conseguiu alguns avanços junto ao governo. Mas a gente tem que continuar esse trabalho porque senão todo o sistema previdenciário será prejudicado ao longo do tempo”, disse Cardoso.

As principais reivindicações dos servidores são: reposição salarial, realização de um novo concurso público para contratação de novos profissionais, plano de carreira para os funcionários e  melhorias nas condições de trabalho.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Federais em Saúde, Trabalho, Previdência Social e Ação Social do Estado do Paraná (SindPrevs/PR), se as as solicitações feitas pela categoria fossem atendidas, a melhora não seria apenas para os funcionários públicos, mas também mudariam completamente a vida de quem depende do INSS.

Paralisação INSS

A paralisação foi decidida durante uma plenária da Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS), realizada no dia 8 de julho. No comunicado, disponível no site do sindicato, além da paralisação, a Federação também prevê discussão nas assembleias estaduais de greve por tempo indeterminado a partir de 5 de setembro deste ano.

Assista ao vídeo sobre a paralisação do INSS em Maringá:

O Balanço Geral Maringá foi até o local conferir todos os detalhes.

*Com informações de Fábio Guillen, repórter da RICTV Maringá

Gostou da matéria? Avalie abaixo!

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

REDE MUNICIPAL

TRAGÉDIA

MAIOR NÍVEL