Curitiba

Mãe se recusa a enterrar filha dada como morta há dois dias

Jovem de 18 anos teria morrido de infecção renal; corpo foi recolhido ao IML para novos exames

Mãe afirma que família tem histórico de catalepsia (Foto: Reprodução/Video Gazetaweb)

A filha de Tereza Cristina Mendes, de 48 anos, teve a morte atestada no Hospital Vida, em Maceió, no estado de Alagoas, no último domingo (12), mas a mãe se recusa a enterrar a jovem de 18 anos pois acredita que ela esteja viva.

A Polícia Civil foi acionada e o delegado Manuel Wanderley Cavalcante esteve no local do velório. Ele pediu uma nova avaliação médica para confirmar a morte e o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Maceió.

Jovem foi dada como morta há dois dias

Débora Isis Mendes de Gouveia foi internadada no Hospital Geral do Estado (HGE) no dia 6 de novembro com infecção urinária. O problema evoluiu para uma infecção nos rins e ela foi transferida no dia 8 de novembro para o Hospital Vida.

O atestado de óbito diz que a jovem morreu à 14h10 do dia 12 de novembro por infecção renal. Ela foi levada para uma funerária e está dentro do caixão há dois dias. A mãe afirma que a família, que é evangélica, tem histórico catalepsia, uma condição que deixa a pessoa com pulso muito fraco e paralizada, em um estado que pode ser confundido com a morte.

"Eu mesma já tive isso. é um problema que acontece na família. Quando deu um ataque em mim eu tive uma dor muito forte na perna e fiquei assim por quatro dias", afirmou Tereza Cristina.
"Ela ainda não tá quente. Eu sei que que a minha filha está viva", completou a mãe.

Os vizinhos da família, que mora no município de Rio Largo, na região metropolitana de Macieó, também acreditam que Débora esteja viva. "É uma menina evangélica e a mãe dela não é louca. É capaz dela se levantar do caixão para mostrar que Deus existe", afirmou um moroador.

Ailton Gabriel dos Santos, de 43 anos, frequenta a mesma igreja da família e afirma que viu a jovem chorar durante uma oração na manhã desta terça-feira (14).

"Quando a gente estava orando uma lágrima escorreu e ela apertou a mão do irmão quando ele segurou nela. Isso é um milagre de Deus. Eu creio no Deus do impossível", disse o homem.

Leia também

 

 

Envie seu comentário

Comentários (0)

Motociclista perde o equilíbrio e morre atropelado por caminhão

Acidente de moto aconteceu na Avenida Rui Barbosa, no centro de São José dos Pinhais

Acidente de moto em São José dos Pinhais deixou uma vítima morta (Foto: Lúcio André/RICTV Curitiba)

*Com informações do repórter Lúcio André, da RICTV Curitiba

Um motociclista de 32 anos morreu na tarde desta terça-feira (14) após um acidente de trânsito no Centro de São José do Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

O rapaz seguia de moto pela Avenida Rui Barbosa, quando perdeu o controle da direção e caiu na pista. Em seguida ele foi atropelado por um caminhão.

Leandro Garcia estava indo para o trabalho e morreu no local. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Veja também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Brasília é prensada por carreta em Ponta Grossa e motorista escapa ileso

Motorista escapou sem ferimentos porque se jogou no banco de trás do carro

Carro ficou completamente destruído (Foto: Cristiano Barbosa/Arede)

Uma Brasília branca foi prensada contra uma mureta de proteção na trincheira da Avenida Ernesto Vilela, em Ponta Grossa. Apesar a imagem impressionante, o motorista do veículo escapou ileso. O acidente aconteceu na tarde de segunda-feira (13).

O caminhão havia acabado de passar a trincheira e seguia em frente ao automovel. O caminhoneiro não venceu subir a rua e acabou voltando de ré sobre a Brasília.

O motorista da Brasília ainda tentou manobrar, mas não conseguiu fazer a volta a tempo. Para não se ferir, ele teria se jogado no banco de trás e só conseguiu sair do veículo pelo porta-malas.

Veja mais fotos:

Motorista deu a volta para tentar escapar, mas não conseguiu evitar a colisão (Foto: Cristiano Barbosa/Arede)

 

Condutor da Brasília só connseguiu sair do veículo pelo porta-malas (Foto: Cristiano Barbosa/Arede)

Envie seu comentário

Comentários (0)