Curitiba

Jovem de 21 anos morre atropelado por dois carros em Cascavel

O rapaz estava saindo do Parque de Exposições Celso Garcia Cid, onde acontecia uma cervejada; Familiares disseram que ele trabalhava no local

Rapaz foi atropelado por dois carros na BR-277 (Foto: Reprodução/CGN)

Rapaz foi atropelado por dois carros na BR-277 (Foto: Reprodução/CGN)
Rapaz foi atropelado por dois carros na BR-277 (Foto: Facebook/Arquivo pessoal)

Um rapaz de 21 anos morreu na noite de sábado (18) depois de ser atropelado duas vezes na BR-277, em Cascavel, região oeste do Paraná. A vítima foi identificada como Irineu Pedro da Silva Junior.

Os atropelamentos aconteceram na pista sentido Foz do Iguaçu, no bairro Santos Dumond, próximo ao Parque de Exposições Celso Garcia Cid, onde acontecia uma cervejada universitária.

O ocupante de um dos carros envolvidos no atropelamento contou que viu a vítima se movimentando ‘de quatro’ na rodovia, como se estivesse engatinhando. Familiares do rapaz informaram que Irineu estava trabalhando no parque de exposições.

O primeiro veículo a atropelar o pedestre foi um Fiat Bravo e logo em seguida uma Mercedes Benz também o atingiu. Socorristas da concessionária Ecocataratas foram acionados, mas a vítima morreu na hora.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Acidente de carro em Prudentópolis mata duas jovens e deixa quatro feridos

As duas vítimas tinham 18 anos; Uma delas morreu no local e a outra a caminho do hospital

Laleska e Jiane foram identificadas no local por familiares (Foto: Facebook/Arquivo pessoal)

Laleska e Jiane foram identificadas no local por familiares (Foto: Facebook/Arquivo pessoal)
Carro ocupado por seis pessoas bateu contra uma árvore (Foto: Élio Kohut/Rádio Najuá)

Duas jovens de 18 anos morreram em um acidente de carro no centro de Prudentópolis, região central do Paraná, na manhã deste domingo (19).

O IML ainda não fez a identificação oficial das vítimas, mas familiares estiveram no local do acidente e confirmaram que os corpos eram de Laleska Gaspar e Jiane Carla Campagnaro.

Por volta das 6h30, o carro em que elas estavam, um Chevrolet Celta de cor branca, bateu com violência contra uma árvore na Rua Domingo Luiz de Oliveira.

Outros quatro jovens, com idades entre 17 e 20 anos, estavam no veículo e foram encaminhadas para o Hospital Sagrado Coração de Jesus, em Prudentópolis, e para o Hospital do Rocio, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Greve de ônibus continua nesta segunda-feira em Curitiba e Região

A paralisação dos motoristas e cobradores de ônibus da Grande Curitiba completa seis dias nesta segunda-feira e transporte continua operando com frota mínima

Foto: Cesar Brustolin/ SMCS

A greve no transporte público continua nesta segunda-feira (19) em Curitiba e Região Metropolitana (RMC). Conforme determinação judicial, 50% dos ônibus devem circular nos horários de maior demanda da população (das 5h às 9h e das 17h às 20h) e 40% no período de menor movimento.

Na manhã desde domingo (19), 40% da frota estava em circulação na capital e na RMC, conforme a Urbanização de Curitiba S/A (Urbs). O número de ônibus circulando ao logo do dia deve se manter em 40%, já que no domingo não há horário de pico.  Clique aqui para ver a tabela da Urbs com as linhas, horários e a quantidade de ônibus que o Sindimoc deve colocar em circulação.

A audiência no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR) entre o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e RMC (Sindimoc) e o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp) terminou sem acordo na última sexta-feira (17). A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (COMEC) também participou do encontro.

Uma nova reunião entre as partes foi remarcada pela desembargadora Marlene Fuverki Suguimatsu para a próxima terça-feira (21). Até lá, a greve de ônibus deve continuar. O Sindimoc pediu a redução da frota mínima para 15% durante a última audiência, mas a desembargadora negou o pedido e manteve os 50% e 40% já determinados anteriormente.

Os trabalhadores pedem reajuste salarial de 15% e aumento do vale refeição de R$ 500 para R$ 977. Já o sindicato Patronal oferece 5,43% de aumento nos salários com pagamento retroativo desde 1° de fevereiro, data-base da categoria.

Transporte alternativo

Mesmo com a circulação da frota mínima garantida judicialmente, a Urbs mantém os 870 veículos cadastrados para o transporte alternativo na Capital e vai continuar fazendo o transporte de passageiros fora das canaletas dos ônibus. Por enquanto, a Urbs informa que não serão feitos novos cadastramentos.

As lotações credenciadas darão suporte para a população durante a greve e ficam automaticamente descredenciadas a partir da volta total dos ônibus. O preço máximo que pode ser cobrado pelos veículos do transporte alternativo é R$ 6 por passageiro.

Linhas especiais

Durante a greve de ônibus, a Urbs suspendeu o funcionamento da Linha Turismo e do Sistema Integrado do Transporte Especial (SITES), que atende exclusivamente alunos com algum comprometimento mental, físico, auditivo, visual, condutas típicas e múltiplas deficiências. A medida foi tomada para evitar risco no atendimento dos passageiros.

Saiba mais:

Greve dos professores é suspensa e aulas devem ser retomadas na segunda-feira

Envie seu comentário

Comentários (0)