Olá {{nome}}
Logout

2º semestre

Fiscalização de esgotos irregulares serão intensificadas em Curitiba

O trabalho funciona por meio de vistorias com o uso de corante em pias, vasos sanitários, ralos e calhas

Autor: Assessoria da Prefeitura de Curitiba
Curitiba vai ganhar mais um reforço para garantir a limpeza dos seus rios. (Foto: Levy Ferreira/SMCS)
Curitiba vai ganhar mais um reforço para garantir a limpeza dos seus rios. (Foto: Levy Ferreira/SMCS)

Curitiba vai ganhar mais um reforço para garantir a limpeza dos rios que cortam a cidade. Recursos do Fundo Municipal do Meio Ambiente, criado recentemente com a assinatura do novo contrato com a Sanepar, vão possibilitar o aumento da frequência e das equipes responsáveis pela fiscalização das ligações irregulares de esgoto.

Leia também: Carro que transportava submetralhadoras é apreendido

Com novo contrato, Curitiba garante maior investimento em saneamento da história

O trabalho, que já é feito pelo Departamento de Saneamento de Recursos Hídricos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, funciona por meio de vistorias com o uso de corante em pias, vasos sanitários, ralos e calhas. Se o líquido pigmentado for identificado no rio, o proprietário será notificado para regularização, ou seja, efetivar a ligação na rede existente.

“Vamos eliminar 40 mil ligações irregulares que existem na Bacia do Rio Belém”, destaca o prefeito Rafael Greca. “Acabará esta vergonha curitibana, já que temos rede disponível em toda a bacia do Belém”, completa. De acordo com o prefeito, em toda a cidade, ainda há 260 mil ligações irregulares.

Essa intensificação da fiscalização das ligações irregulares de esgoto terá início no segundo semestre deste ano.

Leia também: PM suspeito de matar Andriely é transferido para BPGd

Avanço

O Fundo Municipal de Saneamento faz parte de um dos maiores investimentos da área na história da cidade. Sua criação foi autorizada pela Câmara Municipal junto com a alteração do regime de contratação da Sanepar. O novo contrato foi assinado na última terça-feira (5/6) pelo prefeito Rafael Greca e os presidentes da Sanepar, Ricardo Soavinski, e da Agência Reguladora do Paraná, Omar Akel.

Leia também: PRF detecta problema em freio e retém carreta com 38 toneladas de madeira

Além do investimento de cerca de R$ 3,5 bilhões em obras de infraestrutura para atingir as metas do Plano Municipal de Saneamento Básico, dentro do contrato haverá o repasse de R$ 943 milhões para o Fundo. Esses recursos serão empregados em melhorias ambientais da cidade, como limpeza e monitoramento de rios, ações de educação, obras de contenção de cheias, criação de parques e praças.

Entre os investimentos programados, cerca de R$ 1,6 milhão por mês serão aplicados em ações de despoluição hídrica, coleta seletiva e educação ambiental. Com o novo contrato, a Prefeitura também terá uma economia de R$ 600 mil por mês em descontos de água de prédios da administração.

 

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Atenção morador

Curitiba

Nova chance