Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

PRISÃO TEMPORÁRIA

Suspeitas no caso Daniel, Allana e Cristiana Brittes vão para presídio

Cristiana Brittes e Allana Brittes foram transferidas para uma penitenciária na Grande Curitiba

Autor: Redação RIC Mais
Allana Brittes e Cristina Brittes (Foto: reprodução arquivo pessoal)
Allana Brittes e Cristina Brittes (Foto: reprodução arquivo pessoal)

Cristiana Brittes, esposa de Edison Brittes - suspeito de matar o jogador Daniel Correa -, e a filha dela, Allana Brittes, foram transferidas nesta quinta-feira (7) para a Penitenciária Feminina de Piraquara, na Grande Curitiba.

As duas estão com a prisão temporária decretada por 30 dias por envolvimento na morte do jogador DanielPela manhã, mãe e filha passaram pelo exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba, no bairro Tarumã, para cumprir um procedimento padrão antes de deixar a Delegacia de São José dos Pinhais.

Transferência Edison Brittes

A expectativa é de que Edison Brittes, principal suspeito da morte do jogador Daniel, seja transferido ainda nesta quinta-feira (7) para Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP).

Na quarta-feira (7), Edison Brittes, que já confessou ser o autor do crime, prestou depoimento por 6h na Delegacia de São José dos Pinhais, e, durante o interrogatório, relatou que matou o jogador Daniel Correa sozinho.  

Porém, ainda no depoimento, Edison conta que várias pessoas presenciaram o momento em que o jogador foi espancado na festa na casa da família Brittes, que aconteceu após alguns dos convidados deixarem a festa de comemoração em uma casa noturna, no bairro Batel, em Curitiba.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 3,2

  • Comentário via facebook