Curitiba

Bispo emérito de Londrina é velado na Catedral da cidade

Religioso será sepultado no mesmo templo na sexta-feira (3)

Morre Dom Albano Bortoletto Cavallin (Foto: Divulgação / Arquidiocese de Londrina)

O corpo do bispo emérito de Londrina, Dom Albano Cavallin, está sendo velado desde às 6h da manhã desta quinta-feira (2), na Catedral Metropolitana de Londrina. O sepultamento será no mesmo templo na sexta-feira (3). 

Dom Albano morreu na tarde desta quarta-feira (1º) por complicações durante uma cirurgia do coração. O sepultamento será amanhã, na Catedral, após a Celebração de Exéquias, às 10h. Até lá, serão celebradas missas o dia todo na Catedral, inclusive durante a madrugada, com os Decanatos.

Em conversa com outros religiosos, Dom Albano manifestou o desejo de que não recebesse homenagens com coroas de flores durante o velório. Ele pediu que valor que seria utilizado para comprar as flores fosse revertido a obras da Fraternidade Toca de Assis, obras as quais se dedicou durante parte de sua vida. Durante o velório, na Catedral tem uma urna onde se pode depositar as doações. 

Beto Richa divulgou ontem uma nota de pesar pela morte do arcebispo. Richa ressaltou a dedicação de dom Albano ao trabalho junto à comunidade.

"Lamento profundamente o falecimento de dom Albano Bortoletto Cavallin. Desenvolveu intenso trabalho pastoral como arcebispo de Londrina, por vários anos, e mesmo depois, já como arcebispo emérito. Uma grande perda para toda a comunidade católica", disse o governador.

Leia mais

Papa concede a padres decisão de perdoar quem comete abortos

Envie seu comentário

Comentários (0)

Forro de gesso de hospital desaba e deixa três pessoas feridas

Segundo nota enviada pelo hospital, os feridos já passaram por exames clínicos e estão bem

Foto: Arquivo Pessoal

Três pessoas ficaram feridas após a queda do forro de gesso de uma das recepções do Hospital Costa Cavalcanti na tarde desta quarta-feira (1º), em Foz do Iguaçu.

De acordo com a assessoria do hospital, as placas caíram na sala do centro de oncologia da casa hospitalar, atingindo dois pacientes e um acompanhante. Ainda de acordo com a assessoria, todos tiveram apenas escoriações e foram atendidos pelas equipes médicas.

Nenhum dos feridos teria registrado reclamações ao hospital.

Leia, na íntegra, a nota enviada:

"A Fundação de Saúde Itaiguapy, por meio de sua Assessoria de Comunicação Social, vem a público prestar esclarecimentos a partir das manifestações realizadas pela Imprensa de Foz do Iguaçu e Região referente o caso do desabamento do forro no Centro de Oncologia:

1. Informamos que os dois pacientes e uma acompanhante tiveram hematomas e escoriações e imediatamente foram acolhidos para atendimento médico, já passaram por exames clínicos e de imagem e se encontram bem.

2. Salientamos que o prédio onde o Centro de Oncologia está instalado foi construído em 2002 e o problema aconteceu devido ao rompimento da sustentação utilizada para segurar o gesso.

3. O HMCC já está tomando todas as medidas necessárias e vai substituir a estrutura existente, bem como dará todo o apoio necessário aos pacientes.

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti tem por norma institucional sempre acolher e prestar toda a assistência que se fizer necessária a todos os pacientes."




Envie seu comentário

Comentários (0)

Homem tem perna amputada durante acidente de moto em Cascavel

Motocicleta e caminhonete se chocaram lateralmente durante uma manobra de ultrapassagem

Foto: Portal CGN

Foto: Portal CGN

Foto: Portal CGN
Foto: Portal CGN
Foto: Portal CGN

Um motociclista teve a perna amputada durante um grave acidente na tarde desta quarta-feira em Cascavel, na região oeste do Paraná. A colisão com uma caminhonete aconteceu na pista marginal da BR-277, na região do Lago Municipal.

De acordo com testemunhas, os dois veículos transitavam no mesmo sentido quanto a caminhonete tentou fazer uma conversão durante uma manobra de ultrapassagem do motociclista. O piloto da moto teve a perna prensada entre os veículos.

Os socorristas do Corpo de Bombeiros afirmaram que o piloto da moto, identificado como Matheus de Lima Moriggi, teve a perna prensada entre os veículos e o membro foi amputado na altura do tornozelo. Ele foi socorrido para o Hospital Universitário de Cascavel. As informações são do Portal CGN.

Envie seu comentário

Comentários (0)