Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

23 DE FEVEREIRO

Inscrições para visitas guiadas no centro de Curitiba estão abertas

As visitas são organizadas pela Secretaria Municipal da Educação, e serão retomadas a partir do dia 23 de fevereiro; saiba como funciona para participar!

Autor: Redação RIC Mais
Visitas são retomadas dia 23 de fevereiro (Foto: Levy Ferreira - SMCS)
Visitas são retomadas dia 23 de fevereiro (Foto: Levy Ferreira - SMCS)

As visitas guiadas pelo centro histórico da capital paranaense voltam a funcionar a partir do dia 23 de fevereiro. O evento, que é conhecido como "Na Trilha do Sagrado: Redescobrindo o Centro Histórico de Curitiba", é organizado pela Secretaria Municipal da Educação.

Dados para inscrição

Aos interessados em participar da aventura, as inscrições já podem ser feitas pelo e-mail ensinoreligioso@edu.curitiba.pr.gov.br, sendo necessário informar nome completo, data de nascimento, RG e telefone para contato.

O percurso é feito na região do Largo da Ordem e proximidades, e permite o aprendizado sobre espaços urbanos com ênfase na diversidade religiosa da cidade, além de incluir passagens por lugares sagrados do centro histórico. Desde a criação, já foram realizadas 23 edições abertas à comunidade que somam mais de 1,5 mil participações.

Trajeto

O trajeto tem inicio na Catadral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais às 9h, e passa pelos irôkos, árvores sagras do Candomblé, igrejas da Ordem, Presbiteriana Independente, Rosário, Arquidiocese de Curitiba e Mesquita Imam Ali ibn Abi Talib.

Inscrições podem ser feitas por email (Foto: Foto: Levy Ferreira/SMCS)

A caminhada tem duração de aproximadamente duas horas, e as vagas são limitadas. O ponto de encontro do grupo é sempre em frente à Catedral de Curitiba, na Praça Tiradentes, e são sempre realizados nos últimos sábados de cada mês.

Em caso de chuva, o evento é cancelado, pois a trilha de 1,2 km é percorrida a pé.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook