Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

PEDALANDO PELA CIDADE

Guia mostra quatro roteiros para explorar e conhecer Curitiba de bicicleta

Guia Curta Curitiba Pedalando traz quatro passeios e está disponível gratuitamente impresso nos sete postos de informações turísticas da cidade.

Autor: Redação RIC Mais com Prefeitura de Curitiba
Guia mostra quatro roteiros para explorar e conhecer Curitiba de bicicleta. Foto: Cesar Brustolin/SMCS
Guia mostra quatro roteiros para explorar e conhecer Curitiba de bicicleta. Foto: Cesar Brustolin/SMCS

Os 300 quilômetros de ciclovias espalhadas por toda Curitiba são um convite para explorar as belezas da capital em duas rodas.

Turistas e moradores de Curitiba já podem explorar as belezas da cidade em duas rodas usufruindo dos 300 quilômetros de ciclovias espalhadas por toda a capital paranaense.

Os amantes das magrelas podem planejar o roteiro de bicicleta passando por cartões-postais da cidade – entre parques, bosques, jardins, praças e espaços culturais (museus e memoriais, por exemplo) – sempre, é claro, respeitando as regras de trânsito e segurança básicas.

“Boa parte do trajeto é arborizado e convidativo a pedaladas pelas áreas verdes da cidade, além de uma forma saudável e diferente de conhecer monumentos, cafés, restaurantes e bares”, afirma a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra. Segundo ela, o importante é planejar bem o roteiro levando em conta as distâncias e melhores locais para fazer eventuais paradas de descanso.

Tatiana lembra que a Prefeitura oferece o guia Curta Curitiba Pedalando, que integra a coleção Curta Curitiba.  O roteiro traz quatro passeios, com diferentes graus de dificuldade, e está disponível gratuitamente impresso, nos sete postos de informações turísticas da cidade. Além disso, é possível baixar a publicação no site do Instituto Municipal de Turismo.

“É um guia completo, com muitas fotos e um mapa com os 300 km de ciclovias (boa parte delas é de uso exclusivo das bicicletas, mas há trechos compartilhados com carros e pedestres), tudo com informações detalhadas em português, inglês e espanhol”, salienta Tatiana.

A presidente do Instituto Municipal de Turismo conta também que o guia reúne orientações importantes para que o ciclista faça um passeio com segurança. “A publicação traz artigos do Código de Trânsito que todo ciclista deve conhecer e orientações, como a importância de se usar sempre capacete e o alerta de que em parques e calçadões (da Rua XV de Novembro e do Largo da Ordem, por exemplo), onde não há ciclofaixa ou ciclovia, é obrigatório andar desmontado”, completa ela.

O guia ainda traz a distância entre o Passeio Público (Centro), ponto de partida dos quatro roteiros, e algumas atrações turísticas como o Jardim Botânico (4 km), Museu Oscar Niemeyer (2,1 km), Torre Panorâmica (3,1 km), Parque Barigui (5 km), Parque Tanguá (8 km) e Santa Felicidade (15 km).

Verão Curitiba

Tatiana lembra ainda que as ciclovias também são um incentivo a mais para moradores e turistas participarem da programação do Verão Curitiba 2019, que vai até o fim de fevereiro e ocorre nos parques Barigui, Náutico do Iguaçu, Passaúna e Lago Azul.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

  • Comentário via facebook