Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Por Jorge Jubrail

Paz e luz ajudam a controlar a temperatura, a não fervermos ferindo alguém

"Precisamos de muita paz e luz para mantermos o equilíbrio e vivermos em harmonia entre nossos pares e contrários. Sejamos o pólo do amor fraternal, que anula a força do ódio no pólo contrário"

Autor: Jorge Jubrail
Banco de imagens pixabay.jpg
Banco de imagens pixabay.jpg

O feriado prolongado nos ajuda a desacelerar do corre-corre diário, permitindo, assim, elevarmos nosso nível de consciência e percepção. Nesse final de semana, acompanhando as notícias dos últimos acontecimentos da política no país, concluí o quanto estamos desequilibrados, nos tornamos chaleiras com ódio em ebulição, prontos para fervermos e vertermos todo o ódio sobre nossos irmãos.

Ainda que haja opiniões divergentes, penso que é injustificável combater violência com violência. Ainda que sejamos violentos apenas no discurso, a lei máxima do universo, da ação e reação, acabará atuando sobre os indivíduos com o mesmo grau vibracional. Temos que tomar muito cuidado com nossas palavras, mesmo que as ações sejam contrárias, o que falamos, também, gera energia e circula pelo universo.

Quando pregarmos o ódio, não tenhamos dúvida que receberemos o mesmo em troca. Poucas são as pessoas que conseguem se controlar, entenderem as razões dos próximo, filtrarem as palavras e atitudes alheias, para devolverem amor fraterno e solidariedade, que são as moedas que nos creditam de bem, reduzindo nossos débitos com o universo.

Estamos vivendo num momento muito perigoso, nos internalizando em busca de respostas para as coisas incompreensíveis da vida, o que é muito bom, porém, estamos cada vez mais nos isolando, vivendo cada vez mais num mundo próprio que criamos, conforme nossa consciência e percepção permitem. Isolados, podemos nos tornar perigosos, conforme vamos alimentando pensamentos negativos, que tendem a gerar más ações.

Roguemos ao Pai Maior, diariamente, agradecendo pela vida e pedindo proteção contra nós mesmos, para que não nos desequilibremos e para que nossas ações sejam sempre balizadas pela sã moral, pelo amor ao próximo, pela fraternidade e pela caridade, sempre obedecendo outra lei universal, a do liver arbitrio, escolhando o caminho da luz e da paz.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 5,0

  • Comentário via facebook
Leia também:

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail