Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Por Jorge Jubrail

Chega de ilusões! Vamos viver nosso mundo real, livres e com plenitude

"Projetamos um mundo em nossas mentes e acabamos vivendo aprisionados, sonhando com um futuro melhor e projetando nossa história. Precisamos nos libertar do mundo da ilusão e viver nossa realidade com plenitude"

Autor: Jorge Jubrail
Banco imagens pixabay.jpg
Banco imagens pixabay.jpg

O mundo que vivemos é uma projeção de nossas mentes. Na verdade, vivemos no mundo real apenas quando crianças, quando nos permitíamos experimentar e buscar conhecimento, transitando livres por cada canto e aproveitando cada momento presente com alegria, sem preocupações ou ansiedades, criança alguma fica matutando sobre o amanhã.

Quando adultos, vivemos num estado de sono profundo, alimentando sonhos e desejos por um futuro melhor, projetando nossas histórias ou buscando na memória tempos passados que nos trazem saudades. Assim, perdemos a oportunidade de viver o presente com plenitude.

Algumas vezes, sentimos prazer em quebrar as regras, indo contra o pensamento coletivo, porque essa transgressão causa o sentimento de liberdade, de estarmos fora da ilusão social criada pelo próprio homem, como o dinheiro, costumes, cultura ou quaisquer outras ilusões que nos aprisionem em nossos próprios pensamentos, nos impedindo de contemplar o nascer e o pôr do sol, a chuva, etc., enfim, a beleza das coisas universais.

Ficamos aprisionados ao mundo da ilusão por ignorância e por medo de buscarmos a verdadeira felicidade, que não encontramos nas coisas efêmeras. Só há uma maneira de nos livrarmos dessa prisão, deixando nossa consciência se manifestar e a criança que ficou para trás tomar conta de nossas ações, para vivermos cada minuto com intensidade, alegria e livres de todo o ranço que carregamos em nossos corações.

Criança “fica de mal” só no momento que alguém lhe frustra, passa rápido, não fica alimentando ódio ou quaisquer outros sentimentos negativos. De repente, todo sofrimento que vivemos não é apenas uma ilusão? Não estaríamos vivendo no cativeiro das adversidades criadas pelo próprio homem?  Sejamos novamente crianças!

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 2,3

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Por Guilherme Osinski

Por Fernando Zimmer

St. Patrick's Day