Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Por Jorge Jubrail

Jorge Jubrail: A natureza dá as respostas

"As respostas para nossas angústias, muitas vezes, serão encontradas observando a beleza da natureza e sentindo a energia do universo", acredita Jorge Jubrail

Autor: Jorge Jubrail
Para Jorge Jubrail, a natureza e o universo sempre se encarregam de nos mostrar as respostas (Foto: Jorge Jubrail)
Para Jorge Jubrail, a natureza e o universo sempre se encarregam de nos mostrar as respostas (Foto: Jorge Jubrail)

Primeiro, perdoem-me o tardar da postagem, mas, confesso que pela ansiedade de propagar uma mensagem forte, hoje, a criatividade não fluiu como desejei. Às vezes, muitos pensamentos simultâneos e interferências invadem nossas mentes, as preocupações com o passado e a ansiedade pelo futuro nos dominam, e não produzimos nada de útil no presente.

Como nada do que pensei e redigi pela manhã me agradou, resolvi dar uma volta com a cachorra de estimação da família pelos arredores do prédio. Ainda nas duas primeiras esquinas, pensando sobre qual mensagem transmitir, não consegui me desligar do aparente fracasso do início da manhã, mas, eis que, dobrando o terceiro quarteirão, me deparei com um ipê florido e um tapete de pétalas na calçada.

Poxa, tão óbvio, a natureza e o universo sempre se encarregam de nos mostrar as respostas, nós que insistimos em não enxergar. Influenciado pela vida materialista e pela rotina, pouco havia reparado naquele ipê solitário tão próximo de casa, plantado na Rua Jose de Magalhães, Zona Sul de São Paulo, que deveria estar florido e me passado desapercebido há dias.

Essa árvore frondosa sempre esteve ali, representado a energia e a luz do universo. Ainda que situada em frente a um prédio público, sem muito brilho e energia, demonstra que a luz e a vontade de sobreviver sempre se sobressairão diante das coisas materiais e da escuridão que, muitas vezes, nos encontramos, toda vida é uma centelha divina que o Pai quer ver brilhar.

Além da energia da vida, o ipê florido dessa maneira, nos demonstra que precisamos sorrir e trabalharmos motivados, aceitando o que o mundo nos oferece, dando em troca nosso melhor. Este ipê está ali solitário, recebendo toda espécie de poluição diária, algumas vezes servindo de lixeira e outras, servindo até de latrina. Independente do que recebe, lá está ele, anualmente florindo e enfeitando a calçada, oferecendo o mais belo tapete que a natureza pode ofertar para os transeuntes.

Façamos o mesmo que o ipê, sejamos resilientes e determinados, aceitemos o que o mundo nos oferece, dando nosso melhor em troca, nos doando ao universo, para que nossas vidas sejam melhores. A felicidade está no agora, na aceitação da nossa condição de momento, não no futuro, como sempre temos buscado, este será a reação das ações presentes, portanto, façamos nosso melhor agora.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,2

  • Comentário via facebook
Leia também:

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail