Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Confira análise!

Estão definidos os finalistas da 30º edição da Copa do Brasil

Além do título da competição, neste ano será pago um prêmio recorde de mais de R$ 50 milhões ao vencedor

Autor:
As equipes disputarão as finais nos dias 10 e 17 de outubro (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
As equipes disputarão as finais nos dias 10 e 17 de outubro (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

A noite de quarta feira, vinte e seis de setembro de 2018, acabou decidindo os finalistas da Copa do Brasil. Além do título da competição, que também garante uma vaga para a Taça Libertadores da América do ano que vem, esse será pago um prêmio recorde de mais de R$ 50 milhões ao vencedor e cerca de R$ 20 milhões ao vice campeão. As equipes disputarão as finais nos dias 10 e 17 de outubro.

No estádio do Mineirão, a equipe mineira que já havia vencido o jogo de ida em São Paulo por 1x0, tinha a vantagem do empate mais conseguiu abrir o placar aos 26 minutos do primeiro tempo com Barcos após lançamento de Lucas Silva, Barcos o atacante fez valer a chamada “Lei do ex”. Ele que não vive um bom momento na equipe mineira e só havia marcado um único gol pelo Cruzeiro, decidiu o confronto no Allianz Parque e no Mineirão, o Palmeiras conseguiu o empate no segundo tempo logo aos 4 minutos com gol de cabeça de Felipe Mello.

A equipe Paulista pressionou, teve mais posse de bola, mas não conseguiu virar a partida. Ao final da partida cenas lamentáveis entre os atletas que acabaram brigando em uma confusão generalizada, sendo expulsos Mayke e Diogo Barbosa pelo Palmeiras e o atacante Sassá da equipe Cruzeirense, o Cruzeiro irá disputar sua oitava final da competição, com cinco títulos já conquistados. A equipe, ao lado do Grêmio, é a maior vencedora do torneio e parte agora para conquistar o Hexa, se isso ocorrer a equipe também será a única a ser bi-campeã seguida, já que a Copa do Brasil nunca teve uma mesma equipe ganhando consecutivamente.

O técnico Mano Menezes tenta também reverter a vantagem do Boca Juniors pela Libertadores da América, já que na primeira partida na Argentina o Cruzeiro perdeu por 2x0. Já o eliminado Palmeiras segue vivo no Campeonato Brasileiro onde a equipe é vice líder e também na Taça Libertadores onde venceu o jogo de ida no Chile contra o Colo-Colo por 2x0.

Na Arena Itaquera, em São Paulo, o Corinthians que perdeu os seus principais atletas na janela de transferências de Junho e que não faz um bom campeonato Brasileiro mostrou que continua com seu DNA vencedor. O atual campeão Brasileiro venceu o Flamengo por 2x1 e conseguiu a sua classificação, já que a primeira partida no maracanã terminou empatada em zero a zero no maracanã.

Logo no início da partida, aos 13 minutos do primeiro tempo, após um lindo lançamento de Jádson o lateral, Danilo Avelar abriu o placar para o alvi-negro. Em seguida, aos 17 minutos o Flamengo chegou ao empate após cruzamento de Pará, o zagueiro Henrique fez contra a equipe Carioca continuou com maior posse de bola porém ineficiente, não conseguia finalizar ao gol de Cássio.

No segundo tempo, o técnico Jair Ventura trocou o atacante Clayson pelo jovem Pedrinho que no seu primeiro lance aos 23 minutos arriscou um belo chute de fora da área e marcou o segundo gol da equipe paulista, que soube se defender e garantir o resultado que o levou a sexta-final da Copa do Brasil e buscará o seu tetra campeonato. Ainda no fim da partida, o lateral Pará quase empatou a partida mais a bola bateu no travessão.

A equipe paulista aguarda a recuperação do seu lateral direito Fágner que sofreu uma lesão muscular ainda durante o primeiro tempo e se concentra agora na grande final contra o Cruzeiro. Já o Flamengo segue decepcionando sua torcida, A equipe com alto investimento em contratações foi eliminada pelo Cruzeiro nas oitavas de finais da Libertadores e agora na Copa do Brasil tentará agora lutar ainda pelo título do campeonato brasileiro para salvar o ano no futebol e tentar dar um título de expressão na administração do Presidente Eduardo Bandeira de Mello, que reconstruiu o clube financeiramente porem obteve poucas conquistas com o futebol.

Ambas as partidas realizadas ontem, foram jogos muito truncados e disputados no meio campo com muita marcação e poucas jogadas de emoção. No jogo do Mineirão, com muitos jogadores de qualidade, como os meias Thiago Neves, Robinho, Lucas Silva pelo lado do Cruzeiro,e com Moisés, Bruno Henrique, Dudu, pelo lado Palmeirense, o que se viu foi o Cruzeiro administrando o jogo após o gol, abdicando das jogadas ofensivas. A equipe palmeirense, sem qualidade para armar jogadas ofensivas para finalizar ao gol adversário.

No jogo do São Paulo, destaque positivo para o excelente meia Jádson, único meia de criação da equipe corintiana, e que tentava algo ofensivo. O meia Matheus Vital, ainda jovem, não consegue produzir ofensivamente assim como o atacante Romero, que mais aparece na marcação do que no ataque. O Corinthians obteve sua classificação pela eficiência da sua finalização mais mostrou mais poder defensivo do que ofensivo, já o Flamengo com Diego, Everton Ribeiro, Willian Arão e o jovem Lucas Paquetá além de não conseguirem criar jogadas para o centro-avante da equipe finalizam muito pouco ao gol adversário e mesmo com muita posse de bola erram o chamado “último passe” produzindo pouco também ofensivamente! Agora resta que as finais tenham uma melhor qualidade técnica proporcionando um bom jogo a todos nós.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,7

  • Comentário via facebook
Leia também:

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail