Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Colunista Ric Mais

Eleições 2018: Pesquisas online indicam vitória de Bolsonaro em 1o turno

Com uma sólida base teórica e prática, conquistada em mais de 10 anos de consultoria, Alex Kunrath é referência em processos de reestruturação de negócios no Brasil.

Autor: Alex Kunrath
IMG_20180803_121733_005.jpg
IMG_20180803_121733_005.jpg

As eleições chegaram à sua reta final no primeiro turno.

Em 29/08 publicamos um artigo onde demonstrávamos a ferramenta Trends de pesquisa online e a confrontávamos com os dados das pesquisas eleitorais tradicionais.

Os dados encontrados nos permitiram averiguar que a metodologia utilizada por institutos de pesquisa como Ibope e Datafolha não condiziam com a realidade. Ao mesmo tempo, as pesquisas online, com amostras muito mais significativas, apontavam resultados mais próximos da realidade.

 

Nesse sentido, nas vésperas da eleição, iremos apresentar os dados consolidados.

 

Os dados divergem dos apresentados nas pesquisas oficiais. Portanto, servirão para uma análise futura quanto aos resultados expostos.

Inicialmente, a análise trata os últimos 90 dias (gráfico 1):

Legenda

 

Precisamos dividir essa análise em 3 momentos:

 

Momento 1: Bolsonaro possuía uma demanda próxima de 4x1 diante dos demais candidatos, todos com desempenhos semelhante.

Momento 2: Após a entrevista para o Jornal Nacional do candidato Bolsonaro, sua demanda subiu substancialmente, chegando a 8x1.

Momento 3: no dia 3 de outubro a demanda de Bolsonaro chegou a 20x3 em relação à Ciro Gomes, segundo mais demandado (explicaremos Ciro Gomes sequencialmente).

 

Análise dos últimos 7 dias (Gráfico 2 - Data: 05/10, pós debate):

 

Legenda

 

Chegamos ao pico do candidato Bolsonaro, com o auge de sua demanda dos últimos 7 dias, em 100 pontos, versus 27 de Ciro Gomes e 19 de Fernando Haddad.

A métrica está próxima de 4x1 em relação à Ciro Gomes. Somadas as demandas de todos os demais candidatos, chegamos a uma relação aproximada de 100 (Bolsonaro) versus 59 da soma dos demais 4 principais nomes. Somados aos demais candidatos, podemos aproximar mais 5 pontos respectivos aos demais, o que torna a equação 100 (Bolsonaro) versus 64 (todos os demais).

Caso repetirmos a taxa de votos brancos, nulos e abstenções, que na última eleição chegou à casa de 20%, essa métrica nos remete ao provável resultado do primeiro turno (votos válidos):

 

Bolsonaro (51%)

Ciro Gomes (19%)

Fernando Haddad (15%)

Alckmin (7%)

Marina Silva (5%)

 

Análise secundária: Ciro Gomes versus Fernando Haddad

 

Análise do cenário dos demais candidatos, sem Jair Bolsonaro (gráfico 3):

 

Legenda

 

No dia 2 de outubro foi lançada uma pesquisa do Ibope informando que Ciro Gomes seria possivelmente o único candidato que venceria Jair Bolsonaro em um possível embate no segundo turno. E essa informação induziu um empate técnico entre os candidatos Fernando Haddad e Ciro Gomes.

 

Isso apenas demonstra a influência das pesquisas nos votos de parte significativa do eleitorado.

 

Após esse momento, chegamos ao debate do dia 4/10, onde Ciro Gomes consolidou sua posição de preferência diante do candidato petista.

No dia de hoje, 05/10, geramos essa análise final (gráfico 4):

 

Legenda

 

Nosso desafio é testar formas alternativas para o uso de tecnologias de pesquisa e demanda online.

 

Ressaltamos que este artigo trata da apresentação de um método novo e não oficial de pesquisa eleitoral e que o mesmo está em fase de testes em nossa empresa de consultoria.

No dia 7 de outubro teremos uma resposta sobre a validade desse modelo.

 

Artigo relacionado (29/08): As pesquisas eleitorais não refletem a realidade

 

Consultoria IDAti: www.idati.com.br

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,8

  • Comentário via facebook
Leia também:

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail

Por Jorge Jubrail