Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

TATUAGEM

Débora Severo: conheça qual marca de cerveja a colunista tem tatuada

A Delirium Tremens é uma cerveja do estilo Belgian Golden Strong Ale, um clássico da Escola Belga de cervejas.

Autor: Débora Severo
Débora Severo Tatuagem (Foto: arquivo pessoal)
Débora Severo Tatuagem (Foto: arquivo pessoal)

Hoje vamos falar sobre a minha outra tatuagem cervejeira, da Delirium. Sim! Eu tenho tatuado o famoso elefantinho rosa na minha coxa esquerda.

Delirium, o famoso elefantinho rosa (Foto: arquivo pessoal)

Como escrevi aqui esses dias, tenho um carinho especial por esta cerveja, já que a conheci mais profundamente numa viagem que fiz sozinha para a Bélgica em 2014,

A Delirium Tremens é uma cerveja do estilo Belgian Golden Strong Ale, um clássico da Escola Belga de cervejas. A cor dela é clara, o que pode levar o consumidor a confundi-la com uma cerveja leve. Porém, não se engane. Essa cerveja é forte, muito frutada, com bastante lúpulo (amarga) e de alto teor alcoólico (8,5%).

De acordo com o Larousse da Cerveja (Ronaldo Morado - São Paulo: Alaúde Editorial, 2017), as Belgian Golden Strong Ale são bastante efervescentes e produzem uma espuma densa e cremosa, que se agarra ao copo, produzindo o chamado Belgian lace (ou Brussels lace, literalmente “renda belga”) à medida que o copo se esvazia, como vocês podem ver nesta foto minha de 2014 lá em Bruxelas no pub da própria Delirium.

Pub Delirium em Bruxelas (Foto: arquivo pessoal)

Não é lindo?

E no final de semana que passou eu tive a honra de ser a Embaixatriz do Delirium Day que aconteceu em Porto Alegre/RS. Foi um evento fantástico! Estavam disponíveis para a venda seis tipo de cerveja produzidas pela fábrica da Delirium (Delirium Tremens; Delirium Argentum; Delirium Red; Delirium Nocturnum; La Guillotine e Averbode).

Delirium Argentum, uma Belgian IPA (Foto: arquivo pessoal)

Na foto acima eu estava bebendo a Delirium Argentum, uma Belgian IPA especial feita com 6 diferentes tipos de lúpulo, produzida por ocasião do 25º aniversário da Delirium Tremens.

Aqui temos lado a lado a Delirium Tremens e a Argentu:

Delirium Tremens e a Argentum (Foto: arquivo pessoal)

Estou muito feliz por ter participado do Delirium Day, especialmente porque este tipo de evento, além de promover a cultura cervejeira, dá a chance das pessoas experimentarem novos sabores, com valores mais acessíveis do que aqueles praticados nos outros dias do ano. E, obviamente, porque foi um passo muito importante e significativo no meu projeto de beber mil cervejas em quatro anos! Foi uma honra e um prazer ajudar a divulgar uma cerveja tão maravilhosa como a Delirium!

 

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,8

  • Comentário via facebook
Leia também:

Por Jorge Jubrail

Lei 8666 precisa ser revista

Por Jorge Jubrail